Brasília-DF,
24/JUL/2017

Documentário Sem pena expõe as fragilidades do sistema carcerário no país

O filme de Eugênio Puppo foi eleito o melhor filme pelo júri popular no último Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:03/10/2014 07:00Atualização:03/10/2014 11:02
Sem pena foi premiado recentemente no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (Guilherme Freitas/Divulgação)
Sem pena foi premiado recentemente no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

O fim de semana é marcado pela chegada de dois documentários nacionais às telonas. O trabalho de Eugênio Puppo Sem pena expõe as fragilidades do sistema carcerário no país. Eleito melhor filme pelo júri popular no último Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, o longa investiga o que há por trás de alguns crimes e questiona a dificuldade de obtenção de direitos por parte dos presos.

Saiba mais...
Já A história do homem Henry Sobel conta a trajetória do rabino americano que escolheu o Brasil para viver há mais de 40 anos. Com direção de André Bushtsky, o filme traz depoimentos de amigos, jornalistas e personalidades, como o apresentador Luciano Huck, que de certa forma são ligados à história de Sobel.



Ao todo, foram quatro anos de apuração para abordar os envolvimentos de Sobel com a política brasileira, além de episódios polêmicos, como a morte do jornalista Vladimir Herzog e o furto das gravatas, em 2007.
Tags: celular pena sem

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES