Brasília-DF,
23/JUL/2017

História de Diane Keaton e Michael Douglas em Um amor de vizinha não surpreende

O enredo é sobre dois vizinhos que se aproximam quando o personagem de Douglas precisa de ajuda para cuidar da neta

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Juliana Figueiredo Publicação:10/10/2014 06:03

Nem a presença dos consagrados Michael Douglas e Diane Keaton salva o filme
 (PlayArte/Divulgação)
Nem a presença dos consagrados Michael Douglas e Diane Keaton salva o filme

Saiba mais...
Acostumado a interpretar homens arrojados e executivos implacáveis, Michael Douglas hesitou quando lhe ofereceram o papel principal em Um amor de vizinha. É bem possível que, depois de ter visto o filme, o ator tenha se arrependido. Nem o seu talento e o da atriz Diane Keaton conseguem salvar a trama.

A aproximação entre os vizinhos acontece quando Oren Little, intragável viúvo, precisa cuidar da neta. Sem a menor ideia de como lidar com uma criança que mal conhece, ele pede ajuda a Leah.



A mudança que um causa no outro acontece de forma muito rápida e improvável, não que isso cause algum espanto no público. Na verdade, a familiaridade com outras obras do gênero é grande. Alguém tem que ceder, por exemplo, tem uma narrativa parecida, além de também ser estrelada por Diane Keaton e ter Mark Andrus como roteirista. A diferença é que, em Um amor de vizinha, todos parecem menos inspirados.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES