Brasília-DF,
26/JUL/2017

Filme A família Bélier une drama e comédia em trama sobre pais surdos

A atriz Karin Viard impressiona no papel de mãe

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:26/12/2014 06:35

Jovem fica dividida entre lutar pela carreira musical e cuidar da família
 (Paris Filmes/Divulgação)
Jovem fica dividida entre lutar pela carreira musical e cuidar da família

A vontade de deixar o meio rural pelo sonho de se entregar à música de A família Bélier poderia indicar algo de 2 filhos de Francisco. Já o fato de a trama envolver pais surdos-mudos poderia levar ao equívoco de se prever nova versão para A música e o silêncio. São pistas falsas, a não ser pelos tratamentos acadêmico e sentimental impressos no longa, a meio caminho entre o drama e a comédia.

Saiba mais...
Algo da tradicional verborragia atribuída ao cinema francês fica perdido no quinto longa assinado por Éric Lartigau, uma vez que três familiares da protagonista Paula (a estreante Louane Emera) são surdos.

Uma chance de partir para Paris aparece para a moça, depois que ela integra o coral escolar. Lá, também encontra Gabriel (Ilian Bergala), pretendente também empolgado com a música popular de Michel Sardou.



Não há como se negar que seja muito convencional a narrativa de Éric Lartigau, mas isso não o desqualifica. Ele dá o tom a um filme que caminha pela ideia de crescimento pessoal proveniente de aprendizado com manejo de instabilidade e hostilidade (até mesmo familiar).

Personagens que parecem reais, com destaque para a mãe interpretada por Karin Viard, o senso de humor e uma cena final arrebatadora para quem nunca tenha acompanhado um desfecho de American Idol alimentam todo o interesse.
Tags: celular

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES