Brasília-DF,
24/JUL/2017

Brad Pitt interpreta o sargento Wardaddy no filme Corações de Ferro

Shia La Beauf, Michael Peña e Logan Lerman vivem os soldados que lutam ao lado de Brad Pitt no longa de David Ayer

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:06/02/2015 07:00Atualização:05/02/2015 12:47

Brad Pitt comanda com pulso forte tropa que se vê sozinha em combate da Segunda Guerra Mundial (Sony Pictures/Divulgação)
Brad Pitt comanda com pulso forte tropa que se vê sozinha em combate da Segunda Guerra Mundial

A segunda Guerra Mundial sempre rendeu assunto nas telonas. Coproduzido e estrelado por Brad Pitt, Corações de ferro é apenas mais um desses filmes. E entra no rol dos que passarão sem marcar. Com direção e roteiro assinados por David Ayer, o filme traz Pitt como o sargento Wardaddy, no comando do tanque Fury (título do filme originalmente) e da tropa formada por Boyd “Bible” Swan (Shia La Beauf) e Trini “Gordo” Garcia (Michael Peña).

Saiba mais...
Antes de partir para um combate maior, no qual sua tropa acaba sozinha, Wardaddy ganha o “reforço” de Norman (Logan Lerman), escrivão convocado para dirigir o tanque que, de cara, pergunta "para onde é a frente" do veículo. Alvo de chacota dos companheiros, o jovem recebe logo um conselho do sargento: "Faça as coisas direito e não se apegue às pessoas". Afeito às relações pessoais e descontente por estar nas trincheiras, Norman não cumpre nenhuma das duas coisas, coloca emoção e sofrimento em cada tiro disparado e se apaixona por uma prisioneira alemã.


O roteiro previsível e lento — que resulta num filme excessivamente longo — é compensado pela caprichada fotografia. O tom acinzentado das cenas de guerra ganha cor e vida no contraste com o sangue dos soldados atingidos e o fogo das explosões.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES