Brasília-DF,
26/MAI/2017

Minions ganham filme próprio, com roteiro que poderia ser mais bem explorado

Os seres amarelos revelados em Meu malvado favorito chegaram aos cinemas nessa semana

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:26/06/2015 06:00
Os minions esbanjam simpatia, mas pecam pela pouca personalidade (Universal Pictures/Divulgação)
Os minions esbanjam simpatia, mas pecam pela pouca personalidade
Desde que saem do fundo do mar até a entrega à devoção inabalável junto ao vilão de Meu malvado favorito, os protagonistas de Minions têm muita estrada pela frente. Essa caminhada é o miolo da trama do longa conduzido por Kyle Balda (O Lorax: Em busca da trúfula perdida) e Pierre Coffin (Meu malvado favorito).

E, inegavelmente, há enorme originalidade em colocar os minúsculos seres amarelos atravessando os tempos e alcançando fases díspares da humanidade, entre as quais o cruzamento dos Beatles em Abbey Road, os tempos napoleônicos e até o paleolítico.

Entre as traquinagens, os Minions - condicionados à simpatia, mas limitados em personalidade - deixam espaço para o entretenimento adulto, com ênfase na trilha sonora, que contempla Breake on through (to the other side) do The Doors e uma versão divertida de Make'em laugh, de Cantando na chuva.

Trama fraca
O que não agrada, no longa, é a falta de capricho do roteiro de Brian Lynch (O gato de botas). Isso, sem falar na inadequação do filme para as crianças. Sem puritanismo, é estranho ver uma trama que acompanharia uma coroação na monarquia inglesa quase se transformar em "execução" conjunta.

Na historieta, em que os estranhos seres buscam um mestre, há fracos na apelação para ambientação em masmorra e tortura. Matar chega a ser objetivo para a vilã Scarlet Overkill. Mas, ao menos os desastrados protagonistas lidam com uma violência colorida, em que balas são trocadas por munição de paintball.

Desviando de valores apregoados pela vilã, os Minions ficam mais divertidos quando bancam glaciais suecos, imaturos e distanciados da barulhenta ação do filme. Fica impossível não rir da versão distorcida de Os Três Porquinhos ou mesmo da breve crítica, com a encenação da chegada do homem à Lua.

Confira o trailer de Minions:


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES