Brasília-DF,
18/DEZ/2017

'Goosebumps - Monstros e arrepios' promete divertir crianças e adultos

Com Jack Black no elenco, a adaptação do universo de R.L. Stine é um banquete para os olhos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:23/10/2015 07:00Atualização:23/10/2015 12:24
 
Ainda adolescente, o jovem Zach (Dylan Minnette) traz uma pitada de ironia, ao perceber a roubada da mudança para uma cidade desinteressante. A depender dele, poderia estar na Coreia do Norte ou na Baía de Guantánamo. Diante de anunciado marasmo, seria opção Zach se refugiar nos livros — caso esses não se antecipassem, absorvendo o jovem e interferindo na vida dele e dos dois novos amigos: a vizinha Hannah (Odeya Rush) e o boboca Champ (Ryan Lee), que tem por maior qualidade o medo.
 
Na falta de um Robin Williams, surge Jack Black, na pele de um escritor, cujas ações descritas em livros, num passe de mágica, se materializam e são convertidas em risco extremo para os terráqueos. Na trama, ele vive o tenso R.L. Stine, pai de Hannah, além de escritor (na vida real) da série literária Goosebumps. Num tipo raro de fita que lembra Gremlins, Goosebumps faz referências divertidas a O iluminado, além de zoar o próprio Stephen King.
 
Bastante ligado ao universo de R.L. Stine, cujas histórias reclamam início, meio e “reviravolta”, o longa-metragem acerta no tom das imagens surpreendentes, como as do poodle flutuante, do ataque do lobisomem e mesmo o resgate vintage do boneco de ventriloquismo (o sinistro Slappy, com a voz de Black) e do exército de maldosos gnomos. Há imagens (em 3D, principalmente) que desafiam a competência das estimadas mil palavras.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES