Brasília-DF,
22/AGO/2017

'Invasão a Londres' estrela Gerard Butler e Aaron Eckhart em enredo clichê

O filme traz cenas de ação do início ao fim e complementa com correria, ataques terroristas e vilões estereotipados

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Alexandre de Paula- Especial para o Correio Publicação:08/04/2016 06:25Atualização:07/04/2016 17:40
Gerard Butler e  Aaron Eckhart se perdem entre tiros e atentados
 (Diamond Films Brasil/Divulgacao)
Gerard Butler e Aaron Eckhart se perdem entre tiros e atentados

Duro de matar e Corpo fechado poderiam ser bons títulos para Invasão a Londres, longa que dá continuidade a Invasão a Casa Branca (2013). Grita aos olhos do espectador a capacidade —  principalmente do agente Benjamin Asher (Gerard Butler), mas também do presidente americano Mike Banning (Aaron Eckhart) — de se livrar, das maneiras mais absurdas, de ataques e ameaças.
 
Clique aqui para ver as sessões  
 
O enredo é básico e óbvio: líderes mundiais estão reunidos em Londres para o funeral do primeiro-ministro britânico. Daí é só ataques terroristas, correria e cenas de ação do começo ao fim.

Um americanismo predomina: o estereótipo do vilão muçulmano está ali o tempo todo e parece ter substituído o russo maléfico, resquício da Guerra Fria.
 
 

Além de não oferecer nada além de ação (o que não é por si um problema), Invasão a Casa Branca se impregna de um tom piegas na pretensão de ser épico e profundo. A breguice se intensifica pelo abuso da câmera lenta e pela trilha sonora que tenta convencer a plateia a todo momento da grandeza do que está na tela, mal que também atrapalhou Batman vs Superman recentemente.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES