Brasília-DF,
18/NOV/2017

'O bom gigante amigo' marca a volta de Spielberg à fantasia

Remake de 'Elfy, o duende que caiu do céu', o longa conta a história da amizade entre um gigante e uma menina

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:29/07/2016 06:06
'O bom gigante amigo' marca a volta de Spielberg à fantasia (Amber Entertainment/Divulgação)
'O bom gigante amigo' marca a volta de Spielberg à fantasia

Havia cinco anos, desde Aventuras de Tintim (2011), que Steven Spielberg não nos brindava com uma aventura infantil. O hiato é interrompido agora, com a chegada de O bom gigante amigo, remake de Elfy, o duende que caiu do céu (1989).

Assim como no clássico ET (1982), uma criatura de aparência assustadora revela ter alma boa. Com sete metros de altura, o monstro, de uma espécie conhecida por comer crianças, sequestra a órfã Sophie (Ruby Barnhill) e a leva para uma terra mágica. O primeiro contato, dominado pelo medo, dá lugar ao encanto de Sophie pelo bicho, que acaba se tornando o bom gigante amigo do título, assim que ela descobre que a criatura é renegada pelos familiares por não querer mal aos humanos.
 
 
 
O texto de Roald Dahl, em cuja obra o roteiro está baseado, está repleto de bom humor e ironia fina, recurso que Spielberg não deixou de lado em O bom gigante amigo. Mas isso não quer dizer que não há tristeza na dupla de protagonistas. Tanto Sophie como BGA (sigla pela qual ela chama o novo amigo) sofrem por não ter carinho de familiares.
 
Saiba os horários das sessões em 2D e 3D.
 
Vencedor do Oscar de ator coadjuvante deste ano por Ponte dos espiões, também dirigido por Spielberg, Mark Rylance vem sendo elogiado pela crítica internacional pela dublagem de BGA. A parceira entre o ator e o diretor não para de render frutos. O intérprete já tem papel garantido no próximo projeto do cineasta, Ready player one.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES