Brasília-DF,
25/ABR/2017

Maternidade é o tema da nova comédia de Jon Lucas e Scott Moore

Atraso, ninfomania e marido machista são os principais problemas enfrentados pelas protagonistas Amy, Carla e Kiki

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:12/08/2016 06:05Atualização:11/08/2016 18:41
As mães da comédia são politicamente incorretas (Reprodução/Internet)
As mães da comédia são politicamente incorretas

Responsáveis pela trilogia Se beber, não case, os diretores e roteiristas Jon Lucas e Scott Moore estão de volta com Perfeita é a mãe. As atrizes Mila Kunis, Kristen Bell e Kathryn Hahn são as protagonistas dessa comédia sobre a maternidade.
 
Amy (Mila) sempre se atrasa para tudo — do trabalho à escola dos filhos — e acaba perdendo o emprego por isso; Carla (Kathryn) é ninfomaníaca; e Kiki (Kristen) se revolta contra o marido, controlador e machista. Além disso, elas são politicamente incorretas: abusam de palavrões, bebem demais e falam besteiras.
 
 
Apesar de aparentemente mostrar mulheres bem resolvidas com a independência financeira e emocional, Perfeita é a mãe tem recebido críticas internacionais justamente por fazer o contrário disso: fortalecer o estereótipo de mulher que só é feliz se tiver um marido.
 
Confira os horários desse filme. 
 
Perfeita é a mãe é daqueles filmes que não terminam quando os créditos sobem. No fim, com a trama resolvida, as atrizes aparecem ao lado das mães delas em depoimentos sobre a infância e o amor.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES