Brasília-DF,
18/NOV/2017

Novo filme de Cédric Jimenez é baseado em fatos reais

'A conexão francesa' recria a atmosfera da França da década de 1970 e traz o ator Jean Dujardin como protagonista

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:12/08/2016 06:05Atualização:11/08/2016 18:43
Jean Dujardin vive um juiz exemplar: representação do bem em 'A conexão francesa' (Reprodução/Internet)
Jean Dujardin vive um juiz exemplar: representação do bem em 'A conexão francesa'

Vencedor do Oscar por O artista, Jean Dujardin é o astro de A conexão francesa, novo filme do diretor Cédric Jimenez. A ação se passa na França da década de 1970 e recria uma atmosfera característica daquela época que costuma ser encantadora na telona.
 
Dujardin vive Pierre Michel, juiz transferido para Marselha a fim de desbaratinar um dos maiores esquemas do tráfico de drogas da França. O líder da máfia, Gaëtan Zampa (Gilles Lellouche), passa, então, a dominar, de maneira que beira a esquisofrenia, os passos e a vida de Pierre.
O embate entre os dois é apresentado de modo bem maniqueísta, o que vem, negativamente, chamando a atenção da crítica internacional.
 
 
Pierre é estereótipo da bondade, ajuda jovens viciados em drogas a se recuperar e faz trabalhos sociais. Já Zampa, tem tudo de ruim, trata mal os empregados e tortura os inimigos.
 
Veja as sessões do filme aqui
 
O curioso é que A conexão francesa é baseado em fatos reais que já deram origem a outro roteiro, o de Operação França. Mas desta vez, Cédric Jimenez se prendeu menos à realidade e quis mesmo assinar uma superprodução de ação. O resultado é o maior orçamento do cinema francês de 2014.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES