Brasília-DF,
22/SET/2017

Documentário 'Marias' revela a imagem da santa como padroeira na América Latina

Primeira produção de Joana Mariani, o longa apresenta histórias de devotos e mostra o papel da fé na vida deles

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:18/11/2016 06:37
O documentário apresenta a história de vida de devotos de Maria (Vitrine Filmes/Divulgação)
O documentário apresenta a história de vida de devotos de Maria

Antes de mais nada, vale o recado: prevalece em Marias, filme de estreia da produtora Joana Mariani, uma mensagem que contempla o poder do sincretismo. Na fita, caem máscaras, ruem dogmas e todos os caminhos se abrem para uma verdadeira divindade que encerra o sentido do termo aconchegante. Mais do que uma imagem, Maria é evocada no decorrer do longa, que passeia pela América Latina, como padroeira que simboliza a integração.
 
Respeitando a santería (uma mescla de crenças, inclusive católicas), Marias se afirma no registro de uma comunhão: pesa a objetividade e até certo distanciamento no trato de fé, enquanto o cinema exerce seu poder de informar. 
 
Veja as sessões do filme aqui
 
O empoderamento das mulheres retratadas também se reflete a cada múltiplo e pessoal entendimento da consagrada Maria.
 
De Nossa Senhora de Guadalupe, um ícone para a sensibilidade mexicana, à mais singela das representações: Marias celebra, no fundo, o verter de vidas recompostas pela fé. Sem dogmas, o filme é um painel digno de ser conferido.
 
 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES