Brasília-DF,
22/AGO/2017

Mostra de Cinema Nórdico chega à etapa final

A mostra, que acontece no CCBB, traz comédia, documentários e filmes históricos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:02/12/2016 06:45
'Corações valentes', da norueguesa Kari Anne Moe, é atração de hoje na Mostra de Cinema Nórdico (Arquivo/Embaixada da Suécia)
'Corações valentes', da norueguesa Kari Anne Moe, é atração de hoje na Mostra de Cinema Nórdico
Entre a resistência de temas e modos de fazer cinema e um nível elevado de diversidade, a Mostra de Cinema Nórdico chega à etapa final, no CCBB. “Há comédias, thriller, documentários, filmes históricos e com temas muito atuais. Para o público brasiliense, nós queremos mostrar os países de todos os ângulos possíveis, sem necessariamente destacar diferenças entre eles”, explica a oficial de Cultura da Embaixada da Suécia, Gioreley Rios. 

Parentes são eternos (hoje, às 18h30) vem com a assinatura do norueguês Frode Fimdal e revela uma Noruega que, paulatinamente, tem desaparecido. 

“O filme trata de um par de irmãos que vivem e trabalham na fazenda da infância. Levam uma vida simples, numa sociedade altamente avançada, mas eles estão mais conectados à natureza e ao passado”, explica Gioreley.

Para além da eterna influência de Ingmar Bergman, no cinema sueco, apresenta avanço em gêneros novos e experimentais. “Hoje em dia, os filmes suecos mostram temas sobre sindicatos de crimes, zumbis e até centenários (caso de O centenário que saiu pela janela e desapareceu, atração de amanhã, às 20h30)”, diz.

O cinema nórdico tem reforçado o foco na igualdade. “Ano passado, 36% dos longas tinham diretoras”, conta Gioreley Rios. Atração de hoje, às 20h30, Corações valentes, da norueguesa Kari Anne Moe, trata da politização de jovens europeus.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES