Brasília-DF,
23/JUN/2017

'Os saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood' traz amor pela arte às telas

Longa é estrelado por Didi, Renato Aragão, e Dedé Santana

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:20/01/2017 06:01Atualização:19/01/2017 18:39
Musical de Chico Buarque ganha as telas novamente
 (Páprica Fotografia/Divulgação)
Musical de Chico Buarque ganha as telas novamente

Numa só tacada, duas homenagens: em Os saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood, desponta a celebração da figura do eterno Didi (Renato Aragão), no imaginário de muitos brasileiros e, ainda no filme, há valorização da arte simples, no enredo todo acomodado nos bastidores do Grande Circo Sumatra.

 
Com propriedade, o cineasta João Daniel Tikhomiroff desenvolve, assertivo, o roteiro de Mauro Lima (diretor de Meu nome não é Johnny) que se apropria do musical criado por Chico Buarque, Sérgio Bardotti e Luis Bacalov.

Belas coreografias, o uso desmedido de imaginação e um transbordante fluxo de afetividade se imprimem no longa. Ambientado na cidade de Barra Feia, o enredo trata da dissolução do circo comandado pelo Barão Bartholo (Roberto Guilherme).
 
 
Festivo, colorido e embalado pelo humor ingênuo, além de fortalecido por texto com trocadilhos, o longa mostra o amor pela arte, que persiste num tom singelo. Linda e talentosa, Letícia Colin interpreta tanto a gata (de musical a ser montado em picadeiro), quanto Karina, filha do proprietário do decadente circo. Ela e Didi, por um sonho, enfrentam a vilania do gerente do circo, papel de Marcos Frota. Diversão garantida para os menores.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES