Brasília-DF,
25/ABR/2017

Kong: A Ilha da Caveira apresenta o gorila nunca visto antes nas telonas

O longa conta com a atuação do trio de protagonistas formado por Tom Hiddleston, Brie Larson e Samuel L. Jackson

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Alexandre de Paula- Especial para o Correio Publicação:10/03/2017 06:00Atualização:09/03/2017 18:35
Longa diverte e tenta levar consciência ambiental ao público (Reprodução/Internet)
Longa diverte e tenta levar consciência ambiental ao público

Quando foi convidado para dirigir Kong: A Ilha da Caveira, o diretor Jordan Vogt-Roberts tinha na cabeça apenas uma resposta: Não. A ideia de apresentar a origem do gorila de maneira tradicional, aos moldes do que tanto se tem feito, não agradava ao diretor.
 
“Por que precisamos fazer um novo filme de King Kong? Nós o fizemos, nós o vimos, o público está realmente esperto hoje, há um monte de franquias lá fora, e as pessoas podem dizer instantaneamente: ‘Por que precisamos disso?’”, disse o diretor em entrevista ao site Den of Geek
 
Jordan duvidava que seria possível apresentar a personagem com uma abordagem original. Os produtores, porém, pediram que ele pensasse no assunto. Foi aí que o cineasta teve a ideia de juntar filmes de guerra, de aventura e referências pops e nerds ao longa e apresentar um roteiro em que bem e mal são um tanto nebulosos.

“Eu amei a ideia de tomar essas pessoas quebradas, que estão desiludidas por causa da guerra, e tudo acontecendo, e mostrar o quanto os anos 1970 foram o espelho perfeito para todos os problemas que acontecem no mundo de hoje”, conta.
 
Confira as sessões do filme em 2D e em 3D.  
 
Com a resposta positiva da produção para a ideia, Jordan começou a trabalhar na história em que uma equipe viaja até a mítica Ilha da Caveira em busca de um cientista que desapareceu no local enquanto procurava um soro capaz de curar todas as doenças.
 
Eles não sabem, no entanto, que estão invadindo uma região repleta de monstros bizarros, gigantescos e perigosos. Principalmente, o grupo não esperava encontrar lá o Kong, um gorila gigante.
 
No filme, Kong ainda não tem o título de rei (por isso não é chamado, por enquanto, de King). Ele é o último da espécie e tenta defender a ilha de ameaças externas. Os humanos, por exemplo, são uma delas.


 
O gorila gigante é visto como uma espécie de chefe (mesmo que esteja ainda confuso em relação a essa posição imposta) e, pelo menos neste longa, não se apaixona por ninguém nem se relaciona de maneira mais intensa com os humanos.
 
O elenco de Kong traz um time de estrelas, com Tom Hiddleston, Brie Larson, Samuel L. Jackson e John C. Reilly na pele da equipe de protagonistas que invade a ilha e é recebida pelos temíveis monstros.
 
Kong: A Ilha da Caveira busca também construir uma visão crítica da relação entre humanos e o meio ambiente, ao mesmo tempo em que tenta ser um filme divertido de guerra e de aventura. “Precisava dizer algo sobre o nosso relacionamento com a natureza, a guerra, ea maneira como vivemos no mundo”, explicou o diretor.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES