Brasília-DF,
26/JUL/2017

Souvenir faz referências a clássicos das décadas de 1950 e 1960

Dirigido por Bavo Defurne, o filme é protagonizado por Isabelle Huppert

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:10/03/2017 06:02Atualização:09/03/2017 18:34
Isabelle Huppert interpreta cantora que retoma a carreira em 'Souvenir' (Universal Filmes/Divulgação)
Isabelle Huppert interpreta cantora que retoma a carreira em 'Souvenir'
 
A década de 1970, o Eurovision Song Contest era uma importante e visada vitrine para cantores europeus. Os vencedores eram facilmente alçados ao posto de estrela da música. Liliane Cheverny, personagem de Isabelle Huppert em Souvenir, era um dos destaques da atração.
 
Mais de 30 anos mais tarde, porém, a realidade de Liliane é outra, bem longe dos holofotes.
 
Escondida atrás do balcão de uma fábrica de tortas salgadas, Liliane tem a vida inesperadamente sacudida pelo jovem boxeador Jean Leloup (Kevin Azaïs). Colega de Liliane na fábrica, ele descobre o passado de sucesso dela e a convence a se apresentar mais uma vez.
 
 
Como num clássico conto de fadas, Liliane e Jean se apaixonam e têm que enfrentar as fatos de ele ser bem mais jovem que ela e o de ela ser mais bem sucedida do que ele.
 
O diretor Bavo Defurne aproveita Souvenir para render homenagem às décadas de 1950 e 1960. Não faltam referências a clássicos como Nasce uma estrela e Funny girl.
 
 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES