Brasília-DF,
22/AGO/2017

'Além da ilusão' estreia nos cinemas

O filme, estrelado por Natalie Portman e Lily-Rose Depp, trata sobre mediunidade

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:28/04/2017 06:01Atualização:28/04/2017 10:31
'Além da ilusão' desperdiça bom elenco em roteiro fraco (Mares Filmes/Divulgação)
'Além da ilusão' desperdiça bom elenco em roteiro fraco
É surpreendente a classificação da diretora Rebecca Zlotowski que vê, em Além da ilusão, uma aventura. Na verdade, sem muito foco, ela abraça uma miscelânea de abordagens na qual prevalecem ideias de dissolução da estabilidade na relação de duas irmãs médiuns e de persuasão,  em que um produtor de cinema se encanta pela dupla. 
 
Zlotowski tem a sorte de contar com ótimos atores, à frente de longa sem conceito na montagem. 
 
 
Em cena, estão Natalie Portman e Lily-Rose Depp na pele das irmãs Laura e Kate Barlow —  moças que serão sugadas pelo advento do cinema e da parafernália envolvida —  e Emmanuel Salinger como André Korben, empresário visionário, às vias dos horrores a serem disseminados pela Europa dos anos de 1930.
 
A aproximação com Korben tem efeitos diversos. Para Laura (Portman), há chance de uma jornada erótica e de certa posição de domínio, enquanto para Kate, ela reafirma a disposição para a metafísica, soando à oportunidade de aprendizado.
 
 
 
Já Korben tem na dupla de irmãs (inspirada nas precursoras do espiritismo, as irmãs Fox) uma última esperança, antes dos reflexos do nazismo. Em Além da ilusão, pesam, no fundo, existências perenes, seja no transe mediúnico ou no registro cinematográfico proposto pelo produtor de cinema Korben.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES