Brasília-DF,
23/SET/2017

'Ninguém entra ninguém sai' é inspirado em inusitada crônica de Veríssimo

Dirigido por Hsu Chien, a comédia explora diversas histórias de pessoas que acabam presas dentro de um motel

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:05/05/2017 06:00Atualização:04/05/2017 18:43
Emiliano D%u2019Ávila e Letícia Lima vivem casal que fica preso no motel
 (Phill Whizzman/Divulgação)
Emiliano D%u2019Ávila e Letícia Lima vivem casal que fica preso no motel

O inusitado toma conta da comédia nacional Ninguém entra ninguém sai, inspirada em crônicas de Luis Fernando Veríssimo. A começar pelo cenário principal do filme de Hsu Chien: o motel Zeffiro’s, um dos mais caros e luxuosos da cidade.
 
Confira sessões para esse filme aqui 
 
É lá que se encontram (em quartos separados, é bom frisar) Edu (Emiliano D’Ávila) e Suellen (Letícia Lima), Letícia (Danielle Winits) e Acauã (Tatsu Carvalho), os adolescentes Caju (João Côrtes) e Bebel (Bella Piero), a virgem Margot (Mariana dos Santos) e o assaltante Alexandre (Rafael Infante). Tudo vai bem até que o vigia do local,  Donizete (Paulinho Serra), recebe o diagnóstico de um vírus extremamente contagioso e todos têm que ficar de quarentena no local.
 
Veja o trailer abaixo
 
 
O medo de terem as identidades reveladas se mistura à tentação de se entregarem ao prazer proporcionado pelo Zeffiro’s. Como era de se esperar de Veríssimo, o texto tem momentos de humor fino e de riso fácil. Basta falar que os quartos do Zeffiro’s são batizados com nomes de livros, como O Pequeno Príncipe e Cinquenta tons de cinza. O elenco bem numeroso ainda traz Guta Stresser, Nizo Neto, Sidney Magal e Sergio Mallandro, entre outros.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES