Brasília-DF,
19/AGO/2017

Confira outras estreias que vão animar as telonas

Detetives do Prédio Azul e Tal mãe, tal filha são uma das opções

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:21/07/2017 06:00Atualização:21/07/2017 09:02
Detetives do Prédio Azul é uma das estreias  (Internet/Reprodução)
Detetives do Prédio Azul é uma das estreias
 
D.P.A. —  O filme
 
Férias escolares são um período ótimo para adaptações infantis chegarem aos cinemas. Pegando carona nessa tendência,  D.P.A. — O filme, longa baseado no programa Detetives do Prédio Azul, do Gloob, traz  Pippo (Pedro Henrique Motta), Sol (Letícia Braga) e Bento (Anderson Lima) na missão de impedir que o Prédio Azul, onde moram, seja demolido. No esquema da fantasia em que a série é centrada, o trio entra de penetra na festa que a síndica e bruxa Dona Leocádia (Tamara Taxman) promove para comemorar o feitiço que condena o imóvel à demolição. O mistério aumenta quando a testemunha de tudo, um quadro falante que pertence a Vó Berta (Suely Franco), desaparece e a mágica acaba fazendo Leocádia ficar boazinha. A bordo da kombi do porteiro Severino (Ronaldo Reis),  os meninos tentam solucionar o caso.
 
 
 
Tal mãe, tal filha
 
A batida saga de mãe e filha que são o oposto, mas se unem em torno de uma mesma situação ganha sotaque francês em Tal mãe, tal filha, comédia de Noémie Saglio. O charme a mais fica por conta das atrizes que protagonizam a fita: Juliette Binoche e Camille Cottin. Aos 30 anos, Avril é uma executiva bem-sucedida e bem-resolvida com a vida pessoal e a carreira. No extremo exposto está Mado, a mãe dela, divorciada e nova hóspede de Avril. Até no estilo elas são bem diferentes: Avril é clássica, aposta em roupas e comportamento mais sóbrios; enquanto Mado age como se ainda estivesse na adolescência, masca chiclete o tempo inteiro e usa roupas ousadas. Para a surpresa das duas, Avril e Mado ficam grávidas ao mesmo tempo. No início, a coincidência gera ainda mais descompasso entre elas, mas depois —  culpa dos hormônios? —  elas vão se aproximando cada vez mais.
 
 
 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES