Brasília-DF,
18/DEZ/2017

'João, o maestro' conta a história de João Carlos Martins

A trajetória do maestro brasileiro, interpretado por Alexandre Nero, apresenta momentos de superação e reconhecimento

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:18/08/2017 06:00Atualização:17/08/2017 17:25
Alexandre Nero vive o protagonista de 'João, o maestro' (Reprodução/Internet)
Alexandre Nero vive o protagonista de 'João, o maestro'
 
João Carlos Martins é um dos maestros mais populares no Brasil. Feito que, num país que não dá muita bola para a música clássica, é louvável por si só. Soma-se a isso uma história de vida que inclui superação por meio da arte e talento reconhecido internacionalmente.
 
 
Estranho é que somente agora, depois de ver a vida contada num enredo de escola de samba, a trajetória de João Carlos ganhe um filme. Chega ao circuito neste fim de semana João, o maestro, longa assinado por Mauro Lima.
 
Alexandre Nero interpreta o maestro na maior parte do drama — Rodrigo Pandolfo e Davi Campolongo também se ocupam do papel. O filme acompanha a infância de João Carlos Martins e dá pinceladas da carreira dele como pianista, iniciada para atenuar um problema de saúde. Mas ele se centra mais na fase pós-acidente, quando ele teve que se reinventar, por ter tido os movimentos da mão comprometidos, e virar maestro.
 
 
 
Passagens nebulosas da carreira de João Carlos, como a acusação de fraude fiscal quando esteve envolvido com política, não são esquecidas pelo roteiro. O lado humano também é retratado, em sequências que tratam dos grande — e vários — amores do maestro.
 
Como não poderia deixar de ser, Alexandre Nero não é, sozinho, protagonista de João, o maestro. Ele tem a companhia da música. A trilha sonora é recheada de peças de Bach, compositor no qual João Carlos Martins se especializou.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES