Brasília-DF,
18/DEZ/2017

Crítica: 'Lady Macbeth' se baseia no romance de Nikolai Leskov

O longa de William Oldroyd tem bons atores e apresenta representações convincentes

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:18/08/2017 06:00Atualização:17/08/2017 17:22
Personagem inspira-se em tragédia clássica (Internet/Reprodução)
Personagem inspira-se em tragédia clássica

 
No século 19, ao menos na criação do escritor russo Nikolai Leskov, existiu uma Lady Macbeth, consagrada no romance Lady Macbeth of the Mtsensk District. Adaptada para o cinema, na estreia do diretor William Oldroyd neste Lady Macbeth, a personagem é detentora de muita contemporaneidade: traz, além da discussão do empoderamento feminino, agudas percepções sobre preconceito e segregação racial.
 
 
O longa adota um tom solene, e a narrativa desenrola um esquema límpido e objetivo. Num ambiente frio, Katherine (Florence Pugh) é vítima de enorme manipulação e pena nas mãos do sogro (Christopher Fairbank) e do marido, ausente, agressivo e esnobe.
 
 
 
Anna, serviçal interpretada por Naomi Ackie, é das poucas aliadas de Katherine. Isso, até o despontar do atlético Sebastian (Cosmo Jarvis). Novos desejos e sexo são incorporados na rotina de Katherine. 
 
O diretor repassa, com simplicidade, dados e representações críveis. Numa linha teatral, personagens ganham destaque, construídos por bons atores.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES