Brasília-DF,
16/DEZ/2017

'O castelo de vidro' coloca em pauta o conceito de família

A vencedora do Oscar Brie Larson é protagonista do longa, que conta uma história de problemas de relacionamento familiar

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:25/08/2017 06:00Atualização:24/08/2017 17:57
Família encara problemas de relacionamento
 (Reprodução/Internet)
Família encara problemas de relacionamento

O que pode ser considerado uma família? A pergunta parece guiar o longa O castelo de vidro, de Destin Daniel Cretton, corroteirista do fenômeno A cabana.
 
Tendo ascendência genética junto a “caipiras legítimos”, a protagonista do filme é Jeannette (Brie Larson, vencedora do Oscar pelo filme O quarto de Jack). Mas, no meio do lar disfuncional, Jeannette se indispõe com o pai, Rex (Woody Harrelson), um tipo divertido, explosivo e aloprado.
 
 
 
Rex quer que a prole aprenda, na marra, vivendo. Ainda que em parte, pela temática, pareça-se com o recente Capitão Fantástico, o filme de Destin Daniel Cretton reflete maior substância: até por vir amparado em fatos experimentados pela jornalista Jeannette Walls e narrados em best seller que deu base à fita.
 
 
Mesmo que inicialmente pareça beber de estímulos ao estilo da narrativa de Augusto Cury (num tom com um quê de O vendedor de sonhos), pouco a pouco, O castelo de vidro entra na linha. 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES