Brasília-DF,
22/JAN/2018

'Jumanji - Bem-vindo à selva' é uma continuação do longa dos anos 1990

Com contexto atualizado, filme está em cartaz nos cinemas do DF

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Renata Rios Publicação:05/01/2018 06:00Atualização:04/01/2018 14:23
'Jumanji - Bem-vindo à selva' propõe uma nova interação com o espectador (Divulgação)
'Jumanji - Bem-vindo à selva' propõe uma nova interação com o espectador
O ano mal começou e o cinema já aposta, mais uma vez, em nostalgia nas telonas. Jumanji — Bem-vindo à selva é lançado mais de 20 anos depois do primeiro longa, Jumanji, que contou com a atuação marcante de Robin Willians. A direção da nova produção ficou por conta de Jake Kasdan e o quarteto escolhido para viver os protagonistas é formado por Dwayne Johnson, Jack Black, Kevin Hart e Karen Gillan.

Algumas alterações no que foi apresentado no longa original chamam a atenção dos fãs antigos, como a substituição do tradicional tabuleiro, apresentado na primeira produção por um videogame de cartucho. Outra diferença é que, enquanto no primeiro o jogo invade a cidade onde os personagens moram, neste filme isso se inverte e os jogadores vão parar dentro do jogo, com diversas semelhanças a jogos de videogame. Cada personagem chega com habilidades especiais características, além de cada “fase” do jogo ser marcada por um visual diferente.

Já os personagens seguem alguns estereótipos norte-americanos: a patricinha, a estudiosa, o nerd e o atleta. Porém o filme inverte essas características ao colocar os jovens em avatares que não condizem com a personalidade dos mesmos, como a patricinha, que vai parar no avatar de Jack Black. A história continua apostando em uma boa aventura, colorida e divertida, permeada pela comédia.
 
 
 
Confira as sessões disponíveis em 3D e 2D

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES