Brasília-DF,
15/JUL/2018

Filme 'Visages, villages' é um documentário sobre o interior da França

O bom humor acompanha a delicadeza de Agnés Varda e JR

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:09/02/2018 06:00Atualização:08/02/2018 17:14

O filme está concorrendo ao Oscar na categoria Melhor Documentário (Reprodução/Internet)
O filme está concorrendo ao Oscar na categoria Melhor Documentário

Uma das mais prestigiadas cineastas de língua francesa da atualidade, a belga Agnès Varda assina Visages, villages, longa-metragem documental exibido em Cannes ano passado e indicado ao Oscar deste ano na categoria melhor documentário.

 

Em Visages, villages, Varda faz uma espécie de tour pelo interior da França. E ela não o faz sozinha, mas muito bem acompanhada pelo fotógrafo e artista plástico JR. A bordo de um caminhão, a dupla deu leveza à jornada, pontuando as visitas por pontos mais escondidos da França de piadas divertidas. Como não poderia deixar de ser num longa assinado por uma mestra das imagens e um delicado fotógrafo, o imagético dá o tom de Visages, villages.

 

Confira as sessões

 

Os olhares de Varda e JR estão voltados para retratos e para o popular, encontrados em vilarejos campestres e nas histórias pessoais. Os relatos ouvidos viram painéis de tirar o fôlego, instalados em paredes de casas, galpões agrícolas e fábricas.

Antenada

Visages, villages é um filme que está em consonância com os tempos modernos, o que mostra que, prestes a completar 90 anos, Agnès Varda está antenadíssima. De baixo orçamento, o longa foi financiado por meio de um crowdfunding.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES