Brasília-DF,
13/DEZ/2018

Saiba quais filmes estreiam nesta semana na cidade

Três documentários brasileiros e um terror com cenas na Républica Dominicana chegam às telonas

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:09/03/2018 06:00Atualização:08/03/2018 17:10

A cantora Maria Bethânia foi uma das entrevistadas no documentário 'A imagem da tolerância' (Reprodução/Internet)
A cantora Maria Bethânia foi uma das entrevistadas no documentário 'A imagem da tolerância'

A imagem da tolerância

 

Nossa Senhora Aparecida é um dos símbolos que, inexplicavelmente, encanta os brasileiros —  Sejam eles católicos, sejam praticantes de outras religiões. É isso que demonstram as cineastas Joana Mariani e Paula Trabulusi neste documentário. As duas procuram entrevistados famosos e anônimos para falar sobre fé, espiritualidade e, principalmente, tolerância. Fazem parte do rol de entrevistados a cantora Maria Bethânia, o padre Fábio de Melo, a porta-bandeira Débora de Almeida e a teóloga Lina Boff.

 

Confira as sessões

 

 

 

Medo profundo

 

Johannes Roberts (O outro lado da porta) dirige Mandy Moore, Claire Holt e Matthew Modine neste terror que tem cenas gravadas numa paradisíaca República Dominicana. Mandy e Claire interpretam duas irmãs que adoram observar tubarões-brancos. Em uma expedição, porém, o hobby acaba se tornando um pesadelo para elas. A 47 metros de profundidade, o mecanismo que puxaria a gaiola delas de volta à superfície para de funcionar. O tanque de oxigênio acoplado a elas suprimento para, no máximo, uma hora, e logo os tubarões perceberão a presença delas ali, pois no acidente uma delas se feriu e está sangrando.

 

Confira as sessões

 

 

 

Santoro — O homem e sua música

 

Premiado no festival de Brasília de 2015 com o Troféu Câmara Legislativa de melhor filme, melhor diretor (John Howard Szerman) e melhor trilha sonora, Santoro — O homem e sua música chega agora ao circuito nacional. O documentário conta a vida e a obra do compositor e maestro Claudio Santoro. Para tanto, se vale de imagens de arquivo, de uma trilha sonora naturalmente formidável e de depoimentos, às vezes emocionados, de nomes como a viúva Gisele Santoro.

 

Confira as sessões

 

 

 

 

Torquato Neto — Todas as horas do fim

 

Poeta, cineasta, compositor e jornalista. Mais do que tudo isso — ou por ser tudo isso —, Torquato Neto é um expoente da cultura nacional. Agora, sobre as lentes dos documentaristas Eduardo Ades e Marcus Fernando, ele tem a trajetória revista. O filme acompanha os 28 anos da curta vida de Torquato, apresentados de forma poética, especialmente quando o ator Jesuíta Barbosa se incube da tarefa de ler textos e poemas de Torquato. Entre um verso e outro, ganham vez canções de Torquato na voz de nomes como Gal Costa e Nara Leão, e depoimentos marcantes de Tom Zé, Caetano Veloso e outros.

 

Confira as sessões

 

 

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES