Brasília-DF,
21/JUL/2018

Filme de Carolina Jabor 'Aos teus olhos' fala sobre pedofilia

Depois de um longa-metragem sobre Aids, a diretora volta às telonas falando sobre outro tema polêmico

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:13/04/2018 06:00

Professor de natação infantil é suspeito de assediar aluno (Reprodução/Internet)
Professor de natação infantil é suspeito de assediar aluno

Quatro anos depois do forte tema desenvolvido no longa Boa sorte (a Aids), a diretora Carolina Jabor confirma o talento de equilibrar tema pontiagudo com dramaticidade cortante, no novo Aos teus olhos. Em jogo, na trama, está o assédio dos mais repulsivos: direcionado a crianças.

 

Se, há 58 anos, Nelson Rodrigues escandalizou com Beijo no asfalto (peça em que um pai de família teria beijado a boca de um estranho agonizante), um suposto beijo na bochecha de um menino de 8 anos pode decretar uma latente perversão, na mirada cortante apresentada no filme estrelado por Daniel de Oliveira e por Luiz Felipe Mello, na pele do estudante Alex.

 

“Foi um carinho, não foi uma carícia” é a frase dúbia do professor de natação Rubens (Oliveira), que ressoa na cabeça do espectador. Administrando dúvidas, a diretora opta por uma narrativa desconfortável, ao encontro da intensidade do assunto abordado.

 

No exame de culpados e artimanhas, o roteiro de Lucas Paraízo (colaborador de títulos reveladores como Gabriel e a montanha) coloca todas as peças no tabuleiro. Além de atores bem escalados — Daniel de Oilveira, Malu Galli e Marco Ricca —, Aos teus olhos perturba, ao sublinhar a podre massa de manobra dos comentários de internet, com devastador efeito manada.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES