Brasília-DF,
19/NOV/2018

Remake do clássico 'Desejo de matar' estreia com Bruce Willis

Justiça é feita pelas próprias mãos no remake protagonizado por Bruce Willis

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:11/05/2018 06:15
Bruce Willis vive o Paul Kersey dos anos 2000 (MGM/Divulgação)
Bruce Willis vive o Paul Kersey dos anos 2000


Um homem comum, típico americano de classe média, é “forçado” pelas circunstâncias e por um ataque mortal à família dele a fazer justiça pelas próprias mãos, mesmo que isso signifique matar. Reconheceu o enredo? Pois é. Desejo de matar, filme que, em 1974, alcançou boa bilheteria e se tornou um clássico do cinema de ação, está de volta.
 
Desta vez, o papel que era de Charles Bronson passa para Bruce Willis, que, sob a direção de Eli Roth, tenta resgatar o longa-metragem que deu origem a outros filmes e atrações na tevê. Há poucas diferenças entre os filmes de 1974 e o dos dias de hoje — o protagonista, Paul Kersey, antes arquiteto, agora é médico e o texto apresenta um quê de ironia.
 
 
Mais do que a nostalgia, a crítica internacional elogiou a performance de Bruce Willis e especialmente as de Dean Norris e Kimberly Elise como detetives e a de Vincent D´Onofrio como o sogro de Paul. Será pouco para não incluir Desejo de matar no rol de filmes datados?
 

Tags: cinema

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES