Brasília-DF,
15/DEZ/2018

Confira outras estreias da semana

As opções vão de documentário a terror

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:08/06/2018 06:05
'Selfie para o inferno' é uma das atrações (Reprodução/Internet)
'Selfie para o inferno' é uma das atrações

 
 

 
Anna Karenina: A história de Vronsky
Embora a famosa personagem criada por Leon Tolstói dê nome ao filme, não é apenas em Anna Karenina (Elizaveta Boyarskaya) que está o foco da diretora Karen Shakhnazarov. Ela também dá importância grande a Sergey Karenin (Kirill Grebenshchikov) e ao conde Vronsky (Max Matveev), filho e ex-amante de Anna, respectivamente. Atrás da verdade sobre a morte da mãe, Sergey questiona o conde, mesmo os dois sendo inimigos na guerra. O nobre diz a Sergey que contará a ele uma verdade e que ele construa a própria versão 
dos fatos a partir daí.
 
 
 
 
Dedo na ferida
O documentário de Sylvio Tendler traz várias vertentes da economia centrada em uma só questão: não se pode gastar mais do que se arrecada. Especialistas brasileiros, ingleses, americanos, espanhóis oferecem diferentes soluções e críticas ao sistema capitalista em que vivemos. As opiniões são entremeadas com belas fotografias clicadas por artistas de nacionalidades distintas.
 
 

Los territorios
Iván Granovsky assina esse documentário que acompanha Ivan. O rapaz é filho de um importante jornalista argentino e ganha o mundo numa viagem interior. Como o pai é correspondente de guerra, ele está em contato com os conflitos geopolíticos que movimentam o globo. As guerras civis são apresentadas como metáforas para o que destrói Ivan por dentro, como a difícil relação com o pai.
 
 

Comboio de sal e açúcar 
O gaúcho Licino Azevedo leva o próprio romance às telas em Comboio de sal e açúcar. A trama se passa na década de 1980, em Moçambique, país onde Licino mora há muitos anos. O período engloba boa parte da guerra civil que deixou marcas indeléveis na nação africana. A enfermeira Rosa (Melanie de Vales Rafael) e o militar Taiar (Matamba Joaquim) viajam num comboio lotado que vai até a fronteira com o Malawi. Eles são os únicos ali que não veem na jornada uma oportunidade 
de trocar sal por açúcar, alimento escasso no país.
 
 

Selfie para o inferno 
A jovem Julia (Meelah Adams) chama a atenção pelos vídeos on-line e selfies que posta. Com milhares de seguidoras, ela é considerada uma social influencer. Misteriosamente, ela vai visitar a prima Hannah (Alyson Walker), que mora em outra cidade. A justificativa oficial é férias. Mas logo percebe-se que Julia está doente e fugindo de alguma coisa. Caberá a Hannah desvendar o mistério.
 
 
 
Vingança
O poder feminino é visto em Vingança desde os créditos, já que o longa é dirigido por uma mulher,  Coralie Fargeat. A trama traz três amigos que saem anualmente para caçar, num programa predominantemente masculino. Desta vez, Richard (Kevin Janssens) leva a esposa, Jen (Matilda Lutz). Em momento de ausência de Richard, os outros dois homens, Stan (Vincent Colombe) e Dimitri (Guillaume Bouchède), abusam de Jen e, agora, precisam se livrar dela. Reerguida, Jen vai em busca de vingar-se do trio.
 
 

No olho do furacão
O meteorologista Will (Toby Kebbell) alerta as autoridades sobre a potência de um furacão que se aproxima da cidade. Enquanto isso, um assalto ao Tesouro Nacional é planejado. A funcionária que sabe a senha, Casey (Maggie Grace), foge e acaba buscando abrigo ao lado de Will. O lado humano de Will e do irmão dele, Breeze (Ryan Kwanten), é explorado pelo fato de os pais deles terem morrido exatamente após a passagem de um furacão. A fotografia do longa de Rob Cohen colheu críticas positivas da imprensa internacional.
 
 
Tags: estreia filmes

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES