Brasília-DF,
12/NOV/2018

Romance em meio à guerra e adaptação de graphic novel chegam aos cinemas

Em 'Em guerra por amor', jovem que se arrisca pela amada; Pautas ambientais e sociais são retratadas em 'Tungstênio'

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:22/06/2018 06:05Atualização:21/06/2018 17:01
'Em guerra por amor' se passa na Nova York da década de 1940 (Reprodução/Internet)
'Em guerra por amor' se passa na Nova York da década de 1940

Em guerra por amor

O italiano Pif dirige e atua neste romance, já visto fora da competição do Festival de Gramado, um dos mais importantes do Brasil. A trama se passa em Nova York, em 1943. Em meio à Segunda Guerra Mundial, Arturo e Flora querem se casar, mas ele precisa, para isso, pedir a mão dela ao pai, que mora na Sicília. Para chegar à Itália, o jovem se alista ao Exército americano e vai lutar no país da bota. Será que vale a pena passar pelos horrores da guerra por um amor?

 


 
Estreia 'Tungstênio', longa inspirado por graphic novel homônima  (Reprodução/Internet)
Estreia 'Tungstênio', longa inspirado por graphic novel homônima

Tungstênio

O novo longa de Heitor Dhalia (com roteiro de Marçal Aquino) foi buscar inspiração nas páginas de graphic novel homônima, assinada por Marcello Quintanilha. A trama traz um crime ambiental — a pesca com usos de explosivos na orla de Salvador — que movimenta os quatro protagonistas: o PM Richard (Fabrício Boliveira); a esposa dele, Keira (Samira Carvalho Bento); o traficante Caju (Wesley Guimarães); e o ex-sargento Ney (José Dumont). Tungstênio fala do universo particular dos personagens, como o casamento falido de Richard e Keila e de questões mais amplas, como desigualdade social.


 
 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES