Brasília-DF,
14/NOV/2018

El Patrón voltou: 'Escobar - A traição' é uma das estreias da semana

Personagem frequentemente retratado no cinema e na televisão, Pablo Escobar é interpretado por Javier Bardem em 'Escobar - A traição'

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:24/08/2018 06:00Atualização:23/08/2018 18:00
Virgínia Vallejo se encanta pelo poder representado por Escobar (Internet/Reprodução)
Virgínia Vallejo se encanta pelo poder representado por Escobar


Javier Bardem e Penélope Cruz não são desses casais de atores que enjoamos de ver juntos, tamanha parceria dentro e fora das telas. Pelo contrário. Os dois não são muito adeptos de cliques da intimidade e raramente trabalham juntos. Depois do casamento, em 2010, a primeira vez que contracenam nas telonas é em Escobar — A traição, longa de Fernando León de Aranoa que estreia neste fim de semana nas telonas.
 
 
Baseado no livro Amando Pablo, odiando Escobar, de Virginia Vallejo, Escobar — A traição é narrado pela própria Virgínia, personagem de Penélope Cruz. A jornalista e apresentadora de tevê é amante de Pablo Escobar (Javier Bardem, em performance elogiada pela imprensa internacional) quando, na década de 1980, ele é o comandante do Cartel de Medellín, um dos traficantes mais procurados do mundo.
 
Na época, Escobar incomodava muito os americanos e o presidente Ronald Reagan concordou que ele fosse julgado nos EUA. Para fugir de uma provável condenação, Escobar se candidata e é eleito deputado federal.

Escobar — A traição passou longe de ser uma unamidade no exterior. A crítica internacional não aprovou o roteiro, apontado como televisivo demais por alguns, e nem a maquiagem de Javier Bardem. Por outro lado, exaltou as interpretações do casal Javier-Penélope.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES