Brasília-DF,
23/OUT/2018

Rapaz encara uma jornada profunda pelo continente africano em 'Djon África'

Ao ter contato com os antepassados africanos, o jovem chega ao autoconhecimento

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:12/10/2018 06:03Atualização:11/10/2018 19:12

'Djon África' é um road movie que passa pelo continente africano (Reprodução/Internet)
'Djon África' é um road movie que passa pelo continente africano

 

A procura por pais ou mães é um artifício muito usado no cinema quando o roteiro quer falar de autoconhecimento. É o que acontece em Djon África, drama de Filipa Reis e João Miller Guerra.

 

Confira as sessões 

 

No filme, Djon África é conhecido como Miguel "Tibars" Moreira. O rapaz nasceu em Portugal, onde mora com a mãe, cabo-verdiana. A nacionalidade do pai, também oriundo de Cabo Verde, é a única informação que o rapaz tem. E é munido dela que ele parte rumo àquele país e à própria história.

 

A jornada de Djon África acaba sendo muito mais profunda do que ele imaginava antes de partir. O contato com os antepassados africanos leva Tibars ao autoconhecimento.

 

A direção de  Filipa Reis e João Miller Guerra foi muito elogiada pela crítica internacional, assim como a fotografia, repleta de cores. 

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES