Brasília-DF,
18/DEZ/2018

Amizade de Skunk e Marcelo D2 é o foco do longa 'Legalize já - Amizade nunca morre'

O filme é uma espécie de cinebiografia do inicio da banda Planet Hemp

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:19/10/2018 06:01Atualização:19/10/2018 08:53
'Legalize já - Amizade nunca morre' ganhou dois prêmios segundo o júri popular
 (Reprodução/Internet)
'Legalize já - Amizade nunca morre' ganhou dois prêmios segundo o júri popular
 
 
Um grito pela liberdade e pelos direitos dos marginalizados. Assim pretende ser Legalize já — Amizade nunca morre. Espécie de cinebiografia da banda Planet Hemp dirigida por Johnny Araújo e Gustavo Bonafé, o longa tem Renato Góes como Marcelo D2 e Ícaro Silva na pele de Skunk, os dois fundadores do grupo.

Na década de 1990, Marcelo e Skunk ainda não viviam de música, eram companheiros no corre dos camelôs que vendiam camisetas e fitas cassete nas ruas do Rio de Janeiro. Eles não se sentiam contemplados pela cultura e muito menos pelo sistema brasileiro. Sentindo-se reprimidos por preconceituosos, eles fizeram das letras contundentes uma arma a favor da diversidade.
 
 
O elenco de Legalize já – Amizade nunca morre ainda traz Stepan Nercessian, Rafaela Mandelli, Shirley Cruz e Ernesto Alterio, entre outros. O longa ganhou o prêmio de melhor ficção nacional pelo júri popular da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e do Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro, de onde saiu também com o troféu de melhor roteiro.
 

Trailer:

 
 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES