Brasília-DF,
15/SET/2019

'Como treinar seu dragão 3' traz mensagem sobre respeito ao próximo

Animação traz a dupla Soluço e Banguela em uma nova aventura

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:18/01/2019 06:01Atualização:17/01/2019 18:11

Como treinar seu dragão 3 encerra elogiada trilogia (NBCUniversal/Divulgação)
Como treinar seu dragão 3 encerra elogiada trilogia

Já virou praxe na franquia Como treinar seu dragão falar de coisas sérias por meio da animação protagonizada por dragões e humanos. No terceiro filme, Como treinar seu dragão 3, a linha seguida é a mesma e o tema escolhido está muito em voga: o respeito ao lugar do outro, seja o físico, seja o social. A ideia é arrematar a trilogia com uma lição que englobe também os outros dois longas.
 

A amizade entre o menino Soluço e o dragão Banguela está consolidada. A ideia do rapaz é criar uma sociedade onde todos possam viver em paz, respeitando os que querem morar juntos, mas também os que optarem por conviver apenas com a espécie à qual pertence — desde que seja tudo de modo pacífico. O importante é respeitar a decisão do outro.

Claro que Grimmel, o vilão de toda a franquia, não pensa assim. Ele quer exterminar os dragões, o que inclui Banguela, naturalmente. O mote para que a paz seja quebrada está dado. Mas Como treinar seu dragão 3 pretende ser muito mais do que um simples embate entre o bem e o mal. O que o diretor Dean DeBlois promove é uma ode ao respeito embalado por fotografia e trilha sonora elogiadas pela crítica internacional.
 
 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES