Brasília-DF,
22/JUL/2019

Jim Carrey interpreta investigador polonês em 'Crimes obscuros'

Thriller psicológico rendeu uma série de elogios na imprensa internacional

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:01/03/2019 06:02Atualização:28/02/2019 16:35

O roteiro de Crimes obscuros saiu de um artigo para a revista New Yorker (Reprodução/Internet)
O roteiro de Crimes obscuros saiu de um artigo para a revista New Yorker

 

Vez ou outra, Jim Carrey se aventura em thrillers psicológicos ou dramas, quase sempre em boas interpretações, como em Brilho eterno de uma noite sem lembranças (2004) ou O show de Truman (1998). Ele tenta novamente neste Crimes obscuros, em que o diretor Alexandros Avranas leva para as telonas o conteúdo do artigo True crimes — A postmodern murder mystery, publicado em 2008 na The New Yorker.

 

Carrey vive Tadek, investigador polonês que encontra semelhanças entre um caso não resolvido e um livro escrito por Krystov Kozlow (Marton Csokas). Tadek fica completamente obcecado em tentar ligar uma coisa a outra e encontra na namorada de Kozlow, vivida por Charlotte Gainsbourg, uma importante pista. Misteriosa, ela trabalha numa sex shop e guarda uma série de segredos.

 

Veja aqui as sessões. 

 

 

A interpretação de Jim Carrey rendeu uma série de elogios na imprensa internacional, especialmente pelo sotaque de um polonês que fala inglês, pela caracterização física e por uma ousada cena de sexo.

 

Veja aqui o trailer:

 

O roteiro de Crimes obscuros saiu de um artigo para a revista New Yorker (Reprodução/Internet)
O roteiro de Crimes obscuros saiu de um artigo para a revista New Yorker

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES