Brasília-DF,
20/JUN/2019

Novo Hellboy ignora e subverte estética de Guillermo del Toro

Com tom cômico beirando o besteirol, reboot reboot de Neil Marshall desagrada fãs da versão original

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:24/05/2019 06:06Atualização:23/05/2019 18:16
Reboot de Hellboy dividiu os fãs (Reprodução/Internet)
Reboot de Hellboy dividiu os fãs
 
Os fãs do universo do mexicano Guillermo del Toro torceram o nariz quando a estética dele foi ignorada — ou até subvertida — no reboot de Hellboy, uma das estreias desta semana nos cinemas brasileiros. O longa assinado por Neil Marshall vem sendo classificado como “trash” por boa parte da crítica internacional.

As diferenças entre este Hellboy e os dois “originais” são muitas. Talvez a que mais tenha chocado os fãs tenha sido a nova personalidade do personagem título, agora defendido por David Harbour. 
 
Clique aqui e confira as sessões do filme
 
Antes sarcástico, o humor dele beira o besteirol neste novo filme. O tom cômico acompanha o longa. Isso sem falar na relação com o pai, Trevor Bruttenholm (Ian McShane), que agora vive de altos e baixos.

A vilã de Hellboy é a feiticeira Nimue (Milla Jovovich), também conhecida por Rainha Sangrenta. Ela quer voltar à Terra e o protagonista tem que impedi-la.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES