Brasília-DF,
01/OUT/2020

O universo mágico dos brinquedos Playmobil se transforma em filme

No enredo, os irmãos Marla (Taylor-Joy) e Charlie (Bateman) são transportados para dentro do universo mágico dos Playmobil

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:20/12/2019 06:07Atualização:19/12/2019 21:34
Os brinquedos ganham vida em 'Playmobil'
 (Paris Filmes/Divulgação)
Os brinquedos ganham vida em 'Playmobil'

A linha de brinquedos Playmobil, criada em 1974, tornou-se inspiração para a produção de um filme de animação e aventura francês. O diretor Lino DiSalvio deu nome aos bonecos criados com partes móveis, objetos e temáticas diferentes, transformando-os em personagens de um longa-metragem. Anya Taylor-Joy e Gabriel Bateman são os atores responsáveis por protagonizar as primeiras cenas do filme, antes de se transformarem efetivamente em brinquedos. Mesmo com a personagem de Taylor-Joy perto de completar 18 anos — idade na qual os brinquedos não costumam se fazer presentes, a trama busca essa relação entre criança e brinquedo com o personagem de Bateman.
 

No enredo, os irmãos Marla (Taylor-Joy) e Charlie (Bateman) são transportados para dentro do universo mágico dos Playmobil. Dentro do novo mundo dos brinquedos, a garota e o garoto participam de uma aventura de resgate ao lado do agente secreto Rex Dasher, do caminhoneiro Del, uma fada madrinha e um androide.

Apesar da boa intenção do filme de reproduzir, no cinema, a questão dos brinquedos, o ideal não é novo. Em muitos momentos, a trama pode ser confundida com a saga de aventura do mundo Lego, que conquistou o público infantil pelo mundo. Perto do fim do ano e da chegada das festividades natalinas, Playmobil traz uma questão comercial e de mercado muito forte com a presença e exibição de uma linha de produtos nas telonas.
 
 


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES