Brasília-DF,
28/FEV/2020

'A chance de Fahim' traz simplicidade para as telonas

Filme conta a história do jovem Assad Ahmed que conquista Paris com seu talento no xadrez

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:07/02/2020 06:01Atualização:06/02/2020 23:17

O convívio com franceses traz um duro aprendizado para o personagem de Assad Ahmed (Imovision/Divulgação)
O convívio com franceses traz um duro aprendizado para o personagem de Assad Ahmed

 

Nem sempre a engenhosidade se faz necessária, em cinema, para o advento de um enredo envolvente. Quando o drama está posto, e tem como origem a vida real, como no caso de A chance de Fahim (dirigido por Pierre-François Martin-Laval), a opção pela simplicidade está de bom tamanho.

 

Confira as sessões disponíveis

 

Tendo por incremento as presenças dos astros Gérard Depardieu e Isabelle Nanty, Martin-Laval conduz o convincente menino Assad Ahmed para recontar a trajetória de um jovem de Bangladesh que viu Paris a seus pés, quando disputou sucessivas partidas em campeonato de xadrez, montado em escala nacional.

 

O grande impasse capaz de travar a evolução do jovem está associado à imigração ilegal. Ordenar o tabuleiro de elementos como a desilusão de Sylvain (um comedido Depardieu), um treinador do garoto, e a perseguição aos imigrantes estão entre as pequenas conquistas de Pierre-François Martin-Laval.

 

Confira o trailer:

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES