Brasília-DF,
21/SET/2021

Cake pop é novidade nas mesas brasileiras, que começam a importar a tendência

A guloseima, que veio das festas americanas e europeias, pode ser lembrancinha do evento

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Paulo Lima Publicação:20/07/2013 16:13

Inspirados em bolinhas de seda japonesas, os temaris da inglesa Helen Attridge são servidos em ocasiões especiais  (Pop Cake Kitchen/Divulgação)
Inspirados em bolinhas de seda japonesas, os temaris da inglesa Helen Attridge são servidos em ocasiões especiais

Símbolo de comemorações, o bolo sempre esteve associado ao momento de destaque da festa. Seja na hora dos parabéns, seja no de fatiá-la, o visual da guloseima é tão importante quanto os ingredientes usados na massa, o tempo correto no forno, as medidas precisas da receita e a escolha de recheios saborosos. Na busca pela inovação, doceiros trouxeram para o Brasil uma tendência que já é sucesso nos Estados Unidos e na Europa: bolinhos em forma de bola. Coberturas criativas e acabamentos temáticos enobrecem a mesa e permitem oferecer a iguaria, inclusive, como lembrança.

A brasiliense Helen Aguiar decidiu investir nos bolos esféricos. Chamados de cake pops, eles são feitos em tamanho menor, servem de complemento para a decoração e são consumidos de forma diferente, no palito. A proposta é que a guloseima seja saboreada como um pirulito, mas, em vez de chupar, morde-se a crosta crocante que envolve o bolo. Com ingredientes tradicionais da confeitaria, para produzir o bolinho é necessário esfarelar o bolo pronto e incluir um ingrediente doce para dar liga à massa. “O interessante é que pode ser feito com as sobras do bolo, o que evita desperdícios”, observa a doceira.

Helen prefere os bolos de baunilha, que têm um sabor mais neutro e suave, permitindo a adição de outros ingredientes e evitando que o gosto fique enjoativo. Por causa da concentração de açúcar, o bolinho deve ser um pouco maior que os doces servidos nas festas. A confeiteira sugere doce de leite ou ganache para dar consistência ao bolo esfarelado. “Outra opção é misturar 400ml de leite condensado com a mesma medida de creme de leite. A quantidade para a proporção do bolo vai ao gosto da pessoa, mas é necessário evitar deixar o bolinho muito encharcado, pois ainda será necessário colocar a cobertura e pode ficar muito doce”, afirma.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK