Brasília-DF,
16/JUL/2018

Chef usa técnica de branqueamento para obter chuchu verde e crocante

Localizado em Pirenópolis, o chef catalão Juan Pratginestós, estreia na Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Liana Sabo Publicação:22/11/2013 06:16Atualização:21/11/2013 14:16

Camarões acompanhados com um chuchu bem crocante
Camarões acompanhados com um chuchu bem crocante
Quem gosta de ir a Pirenópolis nos fins de semana para saborear a boa cozinha do Montserrat terá, a partir do próximo ano, mais um atrativo: um prato de cerâmica oferecido como mimo a quem degustar a receita com a qual o chef catalão Juan Pratginestós estreia na Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança, restrito clube, que durante congresso anual realizado em Brasília, aceitou mais sete sócios de diversas regiões do país. Além do Montserrat, a região Distrito Federal e Goiás, liderada por Rodrigo Freire, do Oliver, emplacou o restaurante Kojima, na 406 Sul.

 

Usando a técnica de branqueamento, que consiste em gelar o alimento depois de cozido, Juan obteve um chuchu verde e crocante para acompanhar camarão puxado no azeite com alho, pesto de páprica e caldo de peixe. “Chuchu ensopado é uma releitura de um prato usual de Santa Catarina”, explica o chef, dublê de fotógrafo, que clicou a receita para a coluna. O sabor do legume, esclarece, é dado pelo molho de coentros e aioli de limão siciliano e sua casca confitada à moda marroquina. Reservas pelo telefone (62) 3331-2628.1717.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK