Brasília-DF,
20/JUL/2018

Rock Dog une tradicional cahorro-quente brasileiro com estilo musical

O cliente pode optar pelo molho de tomate caseiro ou o vinagrete, além de incluir cebola roxa, milho, batata palha, cheddar ou muçarela

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ana Carolina Eulálio - Especial para o Correio Mariana Vieira Rebeca Oliveira Publicação:04/04/2014 06:01Atualização:03/04/2014 12:52

Led Zeppelin e Pink Floyd, dogs grelhados do Rock Dog (Carlos Moura/CB/D.A Press)
Led Zeppelin e Pink Floyd, dogs grelhados do Rock Dog

Cachorro-quente é uma das variedades mais comuns de comida de rua em Brasília. Diferentemente do original norte-americano, com salsicha grelhada, pão e apenas ketchup e mostarda, a versão brasileira leva ingredientes como batata palha, milho, ervilha e queijo. No meio-termo entre as duas vertentes, está o Rock Dog. “Gosto de rock e queria um nome bacana, acabou saindo Rock Dog”, explica Rodrigo Carneiro, um dos sócios.
 
O prato que leva o nome do carrinho de cachorro-quente sai por R$ 8. Ele pode ser montado com salsicha tradicional ou de frango e até cinco acompanhamentos. O cliente pode optar pelo molho de tomate caseiro ou o vinagrete, além de incluir cebola roxa, milho, batata palha, cheddar ou muçarela.

O estilo musical também está presente no rock grill, quando o quitute é grelhado. É o caso do Led Zeppelin (R$ 12), que une salsicha estilo frankfurten na baguete de pão integral com molho de chilli caseiro e cheddar. O chilli é feito com tempero importado, e, segundo Jota Bastos, o outro sócio do Rock Dog, faz toda a diferença. “Nossa receita de chilli é inspirada nos cachorros-quentes servidos na Califórnia, com bastante molho de carne e cheddar”, conta. A versão com linguiça calabresa, batizada de Pink Floyd, sai por R$ 10. De sobremesa, um brigadeiro de colher caseiro (R$ 2,50), feito diariamente, é opção inesperada, mas bem-vinda.

Aprenda como fazer o molho chilli, usado nos cachorro-quentes do Rock Dog

Receita do Molho Rock Dog (Chili Dog)

500g de patinho moído duas vezes
250g de paio
100g de bacon
8 tomates grandes (+/- 1,3 Kg)
4 cebolas médias
5 pimentões grandes (três verdes e dois vermelhos)
6 dentes grandes de alho
1 colher de chá de cominho
1 colher de sopa de páprica doce
1 colher de sopa de páprica picante
2 colheres de sopa de chili (chili powder, de preferência importado, pois os nacionais tem orégano)
1  colher de sopa de molho inglês
2 colheres de café de pimenta-do-reino moída na hora
Salsa a gosto
Cebolinha a gosto
Sal a gosto
Caso queira picante use pimenta caiena a gosto

Modo de fazer

Tire a pele dos paios e corte em rodelas, tire o couro (parte dura) do bacon e corte em fatias grossas. Bata em um processador o bacon e os paios até ficarem bem moídos,junte com a carne moída, o molho inglês e o cominho. Misture bem.Bata os dentes de alho e uma cebola, refogue levemente com 30 ml de azeite extra virgem e junte a carne com os outros ingredientes misturados. Enquanto a carne é refogada bata, no liquidificador, os tomates (sem miolo e sem sementes), os pimentões (sem miolo e sem sementes) e as cebolas restantes.Assim que a carne estiver pronta (refogada e estiver secando) junte o que foi batido no liquidificador, deixe tudo no fogo por 30 min. Aí é só juntar o chili, as pápricas e a cebolinha, cozinhe por mais 5 min. Na hora que desligar o fogo junte a salsa e tampe a panela e espere uns 5 min. Sirva com cebolas roxas e queijo chedar.

 

Rock Dog
(315/316 Sul, em frente ao Templo Budista; telefone 8207-1189), aberto de segunda a sábado, das 18h às 23h; e domingo, das 18h às 22h.

Tags: celular dog rock

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK