Brasília-DF,
18/SET/2021

No 'Brasília Prime Grill' o churrasco é especial e leva ingredientes importados

Casa mostra seu diferencial no preparado da carne em pedra vulcânica e temperado com sal grosso de Guérande, importado da França

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Bernardo Bittar Mariana Vieira Rebeca Oliveira Publicação:06/06/2014 06:03
No Brasília Prime Grill, a picanha é servida ao ponto francês  (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
No Brasília Prime Grill, a picanha é servida ao ponto francês
Sinônimo de comemoração, o churrasco faz parte da cultura nacional. De norte a sul do Brasil, encontram-se pessoas reunidas em torno do fogo, com uma forma de preparo que pode mudar de uma região para a outra. No Brasília Prime Grill, por exemplo, as carnes são grelhadas em um char brolier aquecido com pedras vulcânicas. A indefectível picanha (300g) vem à mesa com o mix brasileiro, de arroz, feijão, banana, bacon, linguiça, ovos, carne de sol e farofa de ovos (R$72). Outro corte típico nos churrascos do país, a fraldinha (300g) pode ser guarnecida por arroz carreteiro ou arroz com castanhas e amêndoas (R$18 cada).

Flávio Alves, proprietário do estabelecimento, explica o uso do char broiler no lugar da brasa comum. Segundo ele, com esse equipamento, é possível controlar o ponto ideal da carne - e de preferência, servi-la à moda francesa. "Ela deve estar tostada por fora e rosada por dentro. Essa é a melhor maneira de degustar uma carne, independentemente do corte", comenta.

O proprietário ressalta, ainda, o uso do sal grosso de Guérande, importado da França, como diferencial. "O sal grosso comum não derrete com tanta facilidade e acaba deixando resíduos na carne", pontua.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK