Brasília-DF,
22/SET/2017

Outono é uma boa oportunidade para desvendar os segredos das cervejas artesanais

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:10/04/2015 08:12Atualização:10/04/2015 10:31
 Fabrício Santos indica as cervejas de trigo para a estação
 (Rogério Volgarine/Divulgação)
Fabrício Santos indica as cervejas de trigo para a estação
O outono chegou. A virada de estação é uma ótima oportunidade para descobrir mais do universo das cervejas artesanais. A escolha de determinados estilos de cerveja potencializa a harmonia sensorial entre prato e bebida. De acordo com Fabrício Santos, responsável pelo blog Full Pint BR, um dos maiores sites especializados em cerveja do Brasil "por estarmos num período de mudança ainda de temperatura e sensações relacionadas ao clima, a recomendação aqui é para estilos intermediários, que possam trazer potência sensorial sem causar desconforto".

Com a queda nas temperaturas, quais seriam os estilos mais apropriados para essa estação?

Uma boa vienna lager, uma porter bem caramelizada ou ainda uma stout com o corpo leve. Podemos pensar ainda nos estilos belgas, tais como dubbel e tripel. Pensando em harmonizações para estes estilos: a vienna lager cai perfeitamente com um mix de salsichas apimentadas; a stout (uma dry stout ou uma american stout, no máximo) vai muito bem com carnes temperadas ou assadas no churrasco. A porter, com belas sobremesas à base de chocolate. A dubbel serviria muito bem com frutos do mar (polvo, por exemplo, ou uma boa paella) e, por fim, a tripel que serve muito bem com sopas e fondues salgados.

Para aquelas pessoas que ainda não têm paladar acostumado com as cervejas artesanais, qual seria um bom caminho para se seguir o "estilo de outono"?

Invariavelmente, devemos começar pelas cervejas de trigo. Uma excelente pedida são as escuras, como as dunkel weizen e ainda, arriscando um pouco mais, uma munich dunkel. A Lund (de Ribeirão Preto) faz a melhor munich dunkel que conheço.

Dentro desses estilos que recomendou, por que diria que eles são mais apropriados do que outros?
Essas cervejas, como já dito, são de “transição” e não vejo nenhum problema em bebê-las no calor ou no frio. Assim como não há problemas em beber uma saison ou uma pilsen em pleno inverno. Mas, pensando na experiência sensorial e na relação de nosso corpo com o ambiente, uma cerveja mais “quente” trará uma experiência mais agradável, assim como no calor uma saison refrescará muito mais do que no outono/inverno.

Estante

Nacionais:
BADEN BADEN CHOCOLATE BEER
Grote Mkt (409 Norte, bloco A, loja 19; telefone 3201-0592) . R$ 30, 600ml

TUPINIQUIM MONJOLO
Mestre Cervejeiro (CLSW 301, bloco C, loja 158, Sudoeste; telefone 3021-6667). R$ 23, 310ml

INVICTA INDIA BLACK ALE
Empório Soares e Souza (403 Sul, bloco D, loja 28; telefone 3532-6702). R$ 29,90, 500ml

Internacionais:
TRIPEL KARMELIET
Mestre Cervejeiro (CLSW 301, bloco C, loja 158, Sudoeste; telefone 3021-6667). R$ 25, 330ml

CHIMAY PREMIERE
Grote Mkt. R$ 68, 750ml

FULLERS LONDON PORTER
Camberra Cervejas Especiais (CLSW 101, bloco B, loja 54, Sudoeste; telefone 3021-6500). R$ 39, 500ml

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK