Brasília-DF,
22/SET/2021

No festival, o fettucine ao molho pomodoro com manjericão está no Restaurante Oscar

No jantar, o prato sem carne é representado pelo risoto de alho-poró e tomate seco

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:31/07/2015 06:08
Antônio Teixeira Sobrinho aposta em molho à base de tomates italianos maduros para despertar boas lembranças
Antônio Teixeira Sobrinho aposta em molho à base de tomates italianos maduros para despertar boas lembranças

Seja por restrição alimentar, seja por estilo de vida, abrem mão do consumo de carne vermelha. No festival, diversas foram as casas que se atentaram à tendência. Fi o que fez o restaurante Oscar, que, no almoço, aparece com fettuccine ao molho podomoro com manjericão — fresquinho e artesanal.

Natural do Piauí, o chef Antônio Teixeira Sobrinho mudou-se para São Paulo aos 17 anos. Desde o início da década de 1980, ele passou a ter contato com italianos. Vêm desta época as lembranças afetivas com massas.


“Quem não se lembra de avó e da mãe ao comer um macarrão com um bom molho de tomate?”, indaga. Por bom molho entende-se, na visão do chef, tomates italianos maduros cozidos lentamente em processo que pode levar até seis horas.

No jantar, o prato sem carne é representado pelo risoto de alho-poró e tomate seco. Nos dois horários, a salada primavera, com folhas verdes, manga e morango ao molho de vinagre balsâmico, antecede a refeição, enquanto o semifreddo de abacaxi e limão siciliano ou a pera ao vinho com sorvete de creme encerram o banquete.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK