Brasília-DF,
26/SET/2021

Descubra o que o perfume da rosa, o capim-santo e o avelã têm em comum

Saiba como esses três elementos se tornam arte nas mãos do francês Daniel Briand

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Renata Rios Publicação:18/09/2015 06:00Atualização:17/09/2015 14:34
Daniel Briand: O segredo do crème brûlée está na finalização (uleika de Souza/CB/D.A Press)
Daniel Briand: O segredo do crème brûlée está na finalização

Em 1995, o francês Daniel Briand abriu o café que leva seu nome e o tornou referência em confeitaria na capital.

Ao folhear o cardápio da casa, não é difícil encontrar receitas com nozes, amêndoas e castanhas: torta de creme de amêndoas (R$ 9 — a fatia), musse de chocolate com crocante de praliné (R$ 10), torta de nozes caramelizadas (R$ 11).

[COMPARACAO1]Mas a perfeita harmonia entre cor e sabor faz uma receita se sobressair: a trilogia crème brûlée, com “o exótico perfume da rosa, o delicado toque do capim-santo e o fino sabor da avelã”.

O sabor de avelã é feito a partir da mistura de chocolate meio amargo e pasta da fruta. O segredo da sobremesa, ele ensina, é fazê-la com não mais que 1,5cm de altura, para cozinhar em banho-maria por igual. Para finalizar, Daniel maçarica por exatos 30 segundos a camada de açúcar que se quebra com o toque da colher.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK