Brasília-DF,
17/DEZ/2017

Chef Leandro Nunes inova com a flor de jambu

A flor da planta que dá o nome à casa faz parte do cardápio e aparece na pré-sobremesa

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:02/10/2015 06:09Atualização:01/10/2015 18:29

Sobremesa com flor de jambu do Restaurante Jambu na Vila Planalto (Antonio Cunha/CB/D.A Press)
Sobremesa com flor de jambu do Restaurante Jambu na Vila Planalto
 


Entre as muitas montagens que essa etapa ganha, o chef Leandro Nunes elaborou uma que o cliente come primeiro a flor de jambu, que deixa a boca dormente. Logo em seguida um requeijão maçaricado com doce de casca de abóbora.

Depois, vem a formiga maniwara. Para finalizar um shot, de caipirinha de café. “A formiga é levemente ácida, tem um sabor de capim-limão. Já o shot termina de arredondar os sabores, além de limpar a boca”, explica o chef.

Na casa, a pré-sobremesa pode vir em duas sequências. A primeira é a no menu Carta Branca (R$ 108), composto por couvert, duas entradas, um prato principal, a pré-sobremesa e a própria sobremesa. A segunda é o menu gourmet interativo (R$ 140), composto de oito etapas: quatro entradas, dois pratos principais, a pré-sobremesa e a sobremesa, e servido somente à noite.

“O cliente pode escolher os ingredientes principais e nós montamos a sequência. É preciso fazer a seleção 10 dias antes”, diz Nunes.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK