Brasília-DF,
26/SET/2021

'Mercado Múndi' traz aulas e palestras relacionadas ao mundo da gastronomia

Evento tem temática relacionada ao movimento Eu como cultura

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Publicação:04/12/2015 06:00Atualização:04/12/2015 17:41

 (Carlos Vieira/CB/D.A Press)


Não é de hoje que chefs, empresários e entusiastas da gastronomia têm levantando a bandeira de que a comida exerce um poder cultural que extrapola as fronteiras da cozinha. Mais do que mera função nutricional, a nossa relação com o alimento pode mudar a forma com que vemos o mundo. O movimento Eu como cultura reforça esse conceito.
É sobre esse pilar que está fincado o Mercado Múndi, evento dedicado ao setor que ocupará o Iesb da Asa Sul (613/614 Sul) de hoje a domingo, com entrada franca.


Serão aulas shows, palestras, degustação de vinhos, exposição fotográfica, exibição de filmes e até piquenique no gramado da instituição em mais de 40 estandes que representam a cultura gastronômica mundial. A visitação acontece hoje e amanhã, das 12h às 22h; e domingo, das 10h às 20h.


“Focaremos na questão de como o que comemos é produzido. O projeto parte desse lugar. Não é só um evento para conhecer sabores, mas para entender a cadeia produtiva do alimento, algo que não é muito discutido mesmo em grandes eventos, como a Expo Milão, realizada na Itália este ano”, comenta Nicola Goretti, diretor do grupo AG e um dos curadores do evento, ao lado de Sebastian Parasole, coordenador geral do curso de gastronomia do Iesb.


Seis razões para ir ao evento


O pré-lançamento do Slow film — Festival internacional de cinema e alimentação. A mostra acontece anualmente em Pirenópolis e agora chega a Brasília. As películas exibidas têm temas relacionados à sustentabilidade e a tradições alimentares, a exemplo do documentário Na trilha de Gastón.

 (Antonio Cunha/CB/D.A Press)

As aulas culinárias com grandes chefs da cidade são imperdíveis. Hoje, Alice Yumi Shibata, do Yuzu-an, apresenta o osechi ryouri, bentô consumido no ano-novo na cozinha tradicional japonesa. Amanhã, o padeiro Benoît Rataboul, da La Boutique, ensina a modelagem de pães na tradição francesa, enquanto no domingo, Simon Lau, do Aquavit, apresenta a cozinha contemporânea dinamarquesa.

Amanhã, assinantes do Correio poderão contemplar os chefs David Lechtig e Marcelo Petrarca cozinhando juntos um cordeiro à la chiclayana, acompanhado de timbale de mandioquinha. Ficou curioso? O encontro será das 16h às 17h.

Há lugar para os pequenos! Batizado de Mercadinho, o espaço terá as crianças como protagonistas. Haverá aula show, amanhã, das 16h às 17h, com a chef Isabela Marcondes, sobre técnicas culinárias.

Amantes de vinho serão agraciados em O sommelier, curso com Ernesto Vasconcelos, da goiana Wine Education.

O ciclo de palestras Como comemos apresenta um panorama de todo o mercado gastronômico. As jornalistas Liana Sabo, do Correio, e Luciana Barbo, da CBN, falam sobre o jornalismo gastronômico. Amanhã, às 18h, Ricardo Secchis da grife de carnes Beef Passion, terá como tema a produção sustentável de boi e suas virtudes. Debate importante em uma época em que organizações como Greenpeace denunciam que 30% de toda carne vermelha vendida no Brasil têm origem duvidosa.


SERVIÇO


MERCADO MUNDI
Iesb (613/614 Sul). Hoje e amanhã, das 12h às 22h; e domingo, das 10h às 20h. Entrada franca

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK