Brasília-DF,
20/JUL/2018

Chefs apostam em receitas especiais a partir da batata-doce

A planta serve de inspiração para a elaboração de pratos requintados em Brasília

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:22/07/2016 07:00Atualização:22/07/2016 12:13

 (Rodrigo Nunes/Esp. CB/D.A Press)


Um dos tubérculos que brota espontaneamente nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, a batata- doce ultrapassou seu papel em receitas tradicionais brasileiras e ocupa lugar de queridinha do mundo fitness. A versatilidade faz com que o ingrediente marque presença em preparos distintos que podem ser provados desde o café da manhã até o jantar. Selecionamos casas que a utilizam com criatividade sem abrir mão do sabor.

Engenho Restaurante

 (Jhonatan Vieira/Esp. CB/D.A Press)

O tubérculo integra as opções de massa no self-service Engenho (408 Sul Bl. A lj. 35; 3242-4179). Pelas mãos do chef Guga Rodrigues, a batata-doce se transforma em nhoque regado ao molho de manteiga de ervas ou azeite e está entre as 24 opções de pratos quentes do bufê (R$ 52,90 — o quilo). O ingrediente também está disponível assado, cozido no vapor ou em purê. O restaurante abre de segunda a sábado, das 11h às 15h.

Uai Bezinha!

Inspirado nos típicos cafés de Minas Gerais, o Uai Bezinha! (311 Sul Bl.B lj. 37; 3543-1000) tem no cardápio de doces o doce de batata-doce servido em três tamanhos: pequeno (R$ 1,50), médio (R$ 3,50) e grande (R$ 8,50) — todos preparados com leite de coco, coco ralado, gelatina sem sabor, cravo e açúcar refinado. Comandado pela mineira Tereza Côrtes, o local abre de segunda a sábado, das 8h às 20h.

Lionel Ortega

 (Carlos Moura/CB/D.A Press)

Uma das sobremesas executadas pelo chef da Embaixada do Canadá e personal chef Lionel Ortega, o creme brûlée de batata-doce com baunilha integra o cardápio de três etapas (a partir de R$ 160), com entrada, prato principal e sobremesa. Reservas podem ser feitas pelo telefone 98271-1718 de segunda a sexta, das 9h às 19h.

Belini Café


Um clássico da gastronomia brasileira, o picadinho (R$ 28,90) chega à mesa em versão suína escoltado por purê de batata-doce e farofa, na Belini Café — The Coffee Experience (114 Sul Bl.B lj. 7; 3554-9005). A casa funciona de segunda a domingo, das 8h às 22h.

Casa de Mainha

[FOTO5]
Prato da cozinha típica sertaneja da Bahia, o tradicional escondidinho (R$ 39,90, para duas pessoas) recebe versão mais adocicada no delivery Casa de Mainha, comandado pelo chef Ray Neto. A carne seca é substituída por carne de siri refogada com cominho e azeite de dendê coberta por purê de batata-doce acrescido de creme de leite. Vendas pronta entrega mediante agendamento de segunda a sexta, das 9h às 18h, pelo telefone 98198-7672.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK