Brasília-DF,
22/AGO/2017

Conheça o mercado gastronômico diverso e pulsante de Águas Claras

Quantidade de restaurantes abertos nos últimos meses consolida a gastronomia da região

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Renata Rios Publicação:24/03/2017 06:00Atualização:24/03/2017 12:06
Rafael Mello exibe estrutura que agrega oito contêineres na mais recente unidade do Madero de Brasília, aberta em Águas Claras (Mathias Cramer/Divulgacao)
Rafael Mello exibe estrutura que agrega oito contêineres na mais recente unidade do Madero de Brasília, aberta em Águas Claras

Nos últimos meses, os moradores de Águas Claras assistiram à chegada de muitos restaurantes. Eles engrossam a lista das opções gastronômicas na cidade. Coco Bambu, Outback Steak house e Madero extrapolaram as fronteiras das asas do Plano Piloto e fincaram bases no polo gastronômico que aparenta ser o mais fervilhante do Distrito Federal.
 
Outros empresários optaram por abrir sua primeira casa em Águas Claras para depois tentar voos para outras cidades do quadrado. É o caso da pizzaria Quattro Pizza Bar, aberta em outubro do ano passado, e da casa carnes O Cordeiro, inaugurada há menos de um mês. “Águas Claras é um lugar muito adensado e com população jovem, que busca inovações. É um público que conhece muito sobre gastronomia”, define Cris Fumie, chef da Quattro Pizza Bar. Nas páginas seguintes, o Divirta-se Mais apresenta nove casas recém-abertas ou com apenas um ano de funcionamento.
 
Com abertura para o público marcada para daqui a cinco dias, a Stonia Ice Creamland é a mais fresquinha novidade local. A marca é conhecida por manipular gelatos na pedra e fazer deles sobremesas no estilo pornfood — aquelas fotogênicas e compartilhadas aos montes nas redes sociais.
 
Mais que mostrar o que há de novo, a reportagem respeitou um importante diferencial: nenhum restaurante fica a mais de 1,5km de distância das estações de metrô Arniqueiras, Águas Claras ou Concessionárias. Está derrubada a desculpa de que o medo do trânsito impede o fluxo de clientes do Plano Piloto e arredores. Desvende a cidade e bom apetite.
 

Um point descolado 


Original de curitiba, a rede de restaurantes Madero anda em lua de mel com o público do DF. Já foram abertas três lojas na capital, a última delas em Águas Claras, em dezembro do ano passado. Desde a inauguração, o Madero Container tem superado as expectativas mais otimistas.
 
A 350 metros da Estação Águas Claras, a boa aceitação se explica, em parte, porque trouxe à cidade um conceito que é a tendência mais quente do segmento. O restaurante funciona em oito contêineres. Juntos, eles formam uma estrutura de 350m² com decoração cool e moderninha. Essa informalidade se reflete no menu enxuto. Também fica clara no preço, mais em conta do que as unidades do Pátio Brasil e do Shopping ID.
 
O cheeseburger completo com carne grelhada em fogo forte, alface, cebola, tomate, queijo cheddar e maionese artesanal custa R$ 27. Em combo com fritas e bebida, o item vai para R$ 35 (por mais R$ 3, pode-se pedir chope ou suco puro integral). Ainda assim, é mais barato que os R$ 36 cobrados apenas no sanduíche nas outras unidades.
 
“Namorávamos Águas Claras há algum tempo. É um público jovem, com demanda crescente. Acreditávamos muito nesse modelo contêiner, um diferencial para a região”, afirma Rafael Mello, diretor de operações do Madero. Para a abertura, eles ignoraram a crise. “No Madero, a gente não absorve essa palavra. O Brasil vive um momento de dificuldade em vários setores, mas temos um tíquete médio atraente”, completa 
 
Os pães artesanais, feitos em inúmeras versões, atraem clientes para o estabelecimento (Rener Oliveira/CB/D.A Press)
Os pães artesanais, feitos em inúmeras versões, atraem clientes para o estabelecimento
 

Maior e com mais opções


Pães artesanais e fresquinhos. Essa é a aposta de Felipe Oliveira ao levar a Panetteria D’Oliva para Águas Claras. A loja, a 1,3km da Estação Arniqueiras, que já tem um ponto no Guará, inaugurou sua segunda unidade em outubro do ano passado, em Águas Claras, e o proprietário garante que não tem do que reclamar: “As pessoas daqui estão cada vez mais se acostumando a não ir para o Plano e o comércio se fortalece com isso”.
 
A loja de Águas Claras é maior que a do Guará e, com isso, traz mais opções nas vitrines repletas de pães, além de trabalhar com alguns pratos e sanduíches. “O cliente pode pedir um risoto de vinho com maminha se deseja jantar, por exemplo, mas também damos opções mais leves”, pontua Felipe.
 
Já nos sanduíches, ele sugere o de queijo e presunto — feito no pão de forma de brioche com presunto e queijo meia cura da Serra da Canastra (R$ 15). Uma opção mais robusta é o sanduíche de rosbife servido na baguete — rosbife de filé-mignon, mostarda dijon, cenoura e tomates confitados (R$ 23).
 
Os pães, grandes estrelas do estabelecimento, vêm cheios de alternativas. Diariamente, o local disponibiliza um sabor de focaccia (entre R$ 6 e R$ 12), que pode ser desde alecrim com sal grosso até uma alternativa de cebola com azeitonas. O pão recheado de gorgonzola é um dos favoritos (R$ 8), trata-se de uma massa semi-integral, preenchida com o queijo. Ou, se o caso é para um pão mais tradicional, o cliente deve optar pelo integral. A panhoca pode vir integral (R$ 6,70), ou tradicional (R$ 5,50) e é um dos preparos mais pedidos.

Cris Fumie ressalta proximidade com Metrô como um dos atrativos da Quattro Pizza Bar (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Cris Fumie ressalta proximidade com Metrô como um dos atrativos da Quattro Pizza Bar


Bem mais que pizza


Não é raro encontrar chefs que adentraram o universo gastronômico por amor. No caso de Cris Fumie, literalmente. Quando o marido teve problemas no coração, a advogada de formação resolveu aprender receitas saudáveis para mudar os hábitos da família. “Não queria fazer comida de hospital”, relembra. Nunca mais parou.
 
Mas a imersão no mundo das caçarolas não se restringiu à cozinha ao estilo Bela Gil. Autodidata e apaixonada pela gastronomia italiana, Cris Fumie estudou com afinco a cozinha do país europeu, uma meca de sabores. Assim nasceu a Quattro Pizza Bar. Além de usar farinha importada do tipo 00, mais pura e que gera uma massa leve, fermentada naturalmente, as receitas das redondas (com exceção das doces, obviamente) têm também a nobreza do pomodoro pelati.
 
Entretanto, o conceito da casa é ir além das pizzas e funcionar como uma espécie de gastrobar. Isso fica evidente no cardápio. A começar pelas entradas. Crocantes, os pastéis de polenta podem ser recheados com carne desfiada ou queijo (R$ 28,90).
 
São uma ótima pedida para harmonizar com os drinques autorais, elaborados com consultoria do mixologista brasiliense Victor Quaranta. Batizada de Visconti (R$ 29,90), a mistura de uísque com café, licor de amêndoas, limão tahiti, baunilha e espuma de limão siciliano com canela defumada surpreende o paladar.
 
Ao fim, mas não menos importantes, as pizzas adocicadas merecem mais que um minuto de atenção. Por R$ 48 (25cm), a de creme de limão siciliano e merengue italiano maçaricado com raspas da mesma fruta é delicada e, ao mesmo tempo, cheia de personalidade.

Parmegiana do Simples Assim evoca memórias afetivas dos glutões (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Parmegiana do Simples Assim evoca memórias afetivas dos glutões

Não é tão simples assim... 


Águas Claras é a cidade para onde muitos jovens voltaram os olhos na hora de comprar o primeiro apartamento. Boa parte deles estão, pela primeira vez, longe da família e, em alguns casos, com o percalço de ter pouca ou nenhuma intimidade com a cozinha.
 
Nada mais inteligente que oferecer o arroz soltinho e carne, com cara de comida caseira, aos glutões “desgarrados” dos familiares. Essa é a proposta do Simples Assim, do grupo Dudu Camargo, aberto em janeiro e situado a 500 metros da estação Águas Claras.
 
O cardápio no estilo comfort food tem toque sofisticado. “Quem mora aqui precisava se deslocar a Brasília para ir a um dos nossos restaurantes. A cidade cresceu tanto que resolvemos oferecer algo mais próximo e em lugar agradável, aconchegante”, conta a sócia Lucila Camargo. Um ano e meio de estudo depois, a empresária constatou que a preferência dos moradores era a clássica parmegiana de filé-mignon (R$ 159,90).
 
Em tamanho giga, o prato serve até cinco pessoas e vem com cinco guarnições. O comensal escolhe entre arroz, polenta frita, nhoque ao molho de tomate, maionese de batata, salada, arroz com brócolis, batata frita, fetuccine na manteiga dourada e alho crocante, purê de batata, azeite (vinagrete criado pelo chef), molho de tomate, farofa de ovos e farofa de cebola.

No molho, shimeji, shitake e funghi selvagem garantem um sabor refinado ao prato de O contemporâneo (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
No molho, shimeji, shitake e funghi selvagem garantem um sabor refinado ao prato de O contemporâneo

Elegância e charme


Desde agosto do ano passado, Águas Claras conta com O contemporâneo, a 750m da Estação Águas Claras, um local que promete sofisticação em cada momento da refeição. Tudo começa pelo belo piano de cauda, no salão principal da casa e tocado pelas habilidosas mãos de Junior Nicolosi. “Temos um repertório de blues, jazz e bossa nova, o som chega a todo o restaurante, apesar de o piano ficar no salão. Os clientes gostam muito”, garante Fabiane Conde, proprietária da casa.
 
Entre as sugestões do chef, o cliente encontra o risoto negro com camarões 3g e frutos do mar (R$ 91,99). “O arroz negro dá uma textura especial ao preparo, nosso ponto desse arroz é diferenciado, os clientes elogiam muito”, destaca Fabiane. A outra pedida é o filé ao tornedor e guarnecido com batatas rostie, e ao molho de três cogumelos selvagens (R$ 91,99). “O molho tem o sabor característico: leva shitake, shimeji e funghi selvagem. Dá um toque refinado ao prato”, finaliza.

Além de o local possuir quatro salas vip, reservadas e à luz de velas, a casa trabalha também com um serviço de transporte. “Levamos e buscamos o cliente em casa, no Plano Piloto ou em Águas Claras, por uma taxa de R$ 40”, sugere.

No restaurante O Cordeiro, ovino ganha destaque. Na foto, pernil assado com ervas e vinho (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
No restaurante O Cordeiro, ovino ganha destaque. Na foto, pernil assado com ervas e vinho

Carne — e de boa procedência! 


O nome entrega uma das vedetes do menu. No cardápio de O Cordeiro há quatro cortes com cordeiro. O mais procurado é o pernil temperado e assado com ervas finas mais vinho branco, aromatizado com cebola e alho, por R$ 189,90. Não se assuste com o preço. O item serve até quatro pessoas, com valor que dá direito a duas guarnições.

A sobremesa é farta e boa para ser dividida Toretto Cucina Italiana (Antonio Cunha/CB/D.A Press)
A sobremesa é farta e boa para ser dividida Toretto Cucina Italiana

Autêntica cozinha italiana


Aberto há menos de dois meses, o Toretto Cucina Italiana, a 130m da Estação Concessionária, é a nova aposta gastronômica da cidade. A sociedade dos quatro irmãos Fiuza, Rodrigo, Ronan, Elaine e Emílio, investe em uma casa tradicional italiana, onde a prioridade é a qualidade dos produtos levados à mesa. “Nossas massas são todas feitas por nós, isso é fundamental em uma casa italiana”, garante Rodrigo Fiuza.
 
Entre as alternativas, o destaque vai para o filé à parmegiana, feito no clássico estilo italiano. “Trata-se de um filé-mignon empanado e gratinado com parmesão e molho pomodoro fresco. Para acompanhar, o cliente escolhe entre o arroz e batatas trufadas ou o fettuccine artesanal”, explica Rodrigo. O preparo vem em dois tamanhos, por R$ 99, o prato serve duas pessoas; já por R$ 179,  atende a quatro comensais.
 
Outra opção é o espaguete com polpettine (R$ 89, para duas pessoas, e R$ 159, para quatro). A massa artesanal vai à mesa com molho de tomates frescos. O polpettine é feito com um blend de carne bovina e suína. 
 
Para a sobremesa, lette de Nutella (R$ 35) — um fondue de chocolate com avelã e pistache triturado, coberto por marshmallow maçaricado e servido com morangos e casquinhas crocantes de pizza. “É uma sobremesa ótima, ideal para dividir!”, sugere o sócio.
 
O Coffe shake e o Intenso de chocolate são uma boa combinação para quem busca um doce na Potiguar Confeitaria
 (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
O Coffe shake e o Intenso de chocolate são uma boa combinação para quem busca um doce na Potiguar Confeitaria
 

Excelência em cada pedaço


Os amantes dos doces também receberam uma feliz surpresa. Em março de 2016, foi inaugurada a Potiguar Confeitaria, a 350m da Estação Arniqueiras, que promete alegrar a vida dos moradores da região que buscam um bom doce. “Os moradores valorizam o comércio local e esse comércio busca excelência para atender os clientes”, afirma o gerente da confeitaria, Fabrício Silva.
 
Entre as alternativas, Fabrício recomenda o Intenso chocolate (R$ 9,90, a porção). “Nesse bolo, a massa é de chocolate, intercalada de camadas de ganache de chocolate ao leite e meio amargo”, recomenda.
 
Segundo o gerente, pelo mesmo valor ainda é possível encontrar a receita com outros sabores, como pistache, damasco e nozes.
 
Há também a opção para diabéticos, o zero açúcar (R$ 13,90, a mono porção), que vem com chocolate branco e ao leite, intercalada nas camadas do bolo de chocolate.
Para beber, o cliente pode apostar no Coffe Shake (R$ 13,90, com 300ml) — sorvete de creme, café expresso, calda de chocolate e chantili.
 
Já o queridinho da casa é o bolo de Leite Ninho (R$ 79,90, o quilo). “Esse bolo é feito com pão de ló, creme de Leite Ninho e creme de Nutella, não fica enjoativo e a massa o deixa leve”, finaliza.
 
SERVIÇO
 
Café da manhã reforçado
Para quem deseja um bom café da manhã colonial sem sair de Águas Claras, o local oferece, aos sábados e domingos, a opção. Por R$ 39,90, o quilo, o cliente se serve de uma variedade de frutas, frios, tapioca, omelete, bolos, entre outras alternativas.

 

Ovo trufado, novidade na Stonia Ice Creamland. Inauguração em Águas Claras acontece daqui a cinco dias (Rômulo Juracy/Divulgacao)
Ovo trufado, novidade na Stonia Ice Creamland. Inauguração em Águas Claras acontece daqui a cinco dias


Terra do gelo 


Laíse Assunção Borges, sócia da Stonia Ice Creamland, mora em Águas Claras e conhece todo o potencial. “Há um bom número de habitantes. São pessoas jovens, com um poder aquisitivo elevado. Já tínhamos isso em mente”, explica.
 
Fresquinha, a Stonia Ice Creamland ficará a 600m de distância da Estação Águas Claras e já chega ao mercado local com novidades. Uma delas atende pelo nome de meteoro trufado (R$ 24,90), que nada mais é que um ovo de chocolate ao leite trufado com brigadeiro branco recheado com brownie e gelato de baunilha. A sobremesa é finalizada com calda de Ferrero Rocher com Ovomaltine, fios de doce de leite argentino, Kit Kat e morangos.
 
Pelo mesmo valor, o cliente dispõe de uma alternativa com ovo de chocolate branco trufado com brigadeiro e recheado com brownie, gelato de baunilha e ganache de leite em pó. Por fim, o doce ganha fios de Nutella, doce de leite argentino, Kit Kat e morangos. Ambas estão à venda até 16 de abril, quando se celebra a Páscoa.
 
Os gelatos italianos são montados em uma pedra gelada. Há quem levante a dúvida de que essa manipulação não adicionaria cristais de gelo. Laíse garante que não. “O processo é rápido e  nunca recebemos esse tipo de reclamação”, diz.

Onde comer

O Contemporâneo

(Rau 30 Norte, lt 3, lj 1, Residencial Milena Baqui Muniz; 3578-3598), aberto de segunda a domingo, das 12h às 23h45.

O Cordeiro
(Rua das Figueiras. Lts. 2/4 Ed. Figueiras Mall, lj. 11), aberto de segunda a domingo, das 11h45 às 15h, terça a sábado, das 18h à 0h.

Madero Container
(Avenida Castanheiras, esquina com a 26 Norte, Águas Claras), aberto diariamente, das 11h às 23h.

Panetteria D’Oliva

(Rua das Figueiras, lt 2/4, lj 14, Ed. Figueiras Mall; 3083-8214), aberto de terça a sábado, das 9h às 22h; e domingo, das 9h às 20h.

Potiguar Confeitaria
(Av. Castanheiras, lt 1310 e 1370, lj 5,6 e 7, Ed. Real Splendor; 3879-0026/99608-5130), aberto de segunda a sexta, das 7h às 21h30; sábado, das 8h às 21h30; e domingo, das 8h às 19h30.

Quattro Pizza Bar
(Edifício ViQuattro Pizza Bara Azaleas, Av. Pau Brasil, Águas Claras; 3037-9292), aberto de domingo a quinta, das 18h a 0h30; e sexta e sábado, das 18h à 1h.

Simples Assim
(Av. Jacarandá, Lt. 19, ljs. 1 a 3, Águas Claras; 3973-0234), aberto de segunda a quinta-feira, das 18h às 23h30; sexta e sábado, das 12h às 23h30; e domingo, das 11h30 às 17h.

Stonia Ice Creamland

(Avenida das Araucárias, Lt. 1525, Shopping Metrópole, lj. 34; 3568-2834), aberto de domingo a quinta, das 12h às 22h; sexta e sábado, das 12h às 23h.

Toretto Cucina Italiana
(Rua 36 Norte, lt 8, em frente a estação Concessionárias; 3034-1252), aberto de diariamente 12h à 0h.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK