Brasília-DF,
16/JUL/2018

Comidas especiais para a virada de ano? Confira onde achar os melhores pratos

Com ingredientes típicos da temporada, como lentilha e romã, restaurantes da cidade oferecem opções para você virar o ano com o estômago cheio e feliz

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Beatriz Queiroz* - - Renata Rios Vinicius Nader Publicação:29/12/2017 06:00Atualização:28/12/2017 15:22
Prato de filé grelhado ao molho de mascarpone e sorvete de chocolate amargo com pimenta dedo com risoto de capuccino, acompanhado do drink surpresa do Dudu Camargo Bar e Restaurante, na Asa Sul. (Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
Prato de filé grelhado ao molho de mascarpone e sorvete de chocolate amargo com pimenta dedo com risoto de capuccino, acompanhado do drink surpresa do Dudu Camargo Bar e Restaurante, na Asa Sul.
 
 
Prosperidade rima com fartura. Pelo menos na poesia de alguns restaurantes da cidade, que abrirão as portas para os clientes e para 2018 com banquetes, brindes, seja em ambientes mais introspectivos e sossegados, seja em festanças com música ao vivo e queima de fogos.
O que importa é receber o ano novo comendo bem para ver se cola aquela tradição de fazermos o que queremos que se repita o ano inteiro. Dessa forma, vale apostar na virada à beira do lago Paranoá, em restaurantes de onde as queimas de fogos nos clubes e na Esplanada dos Ministérios podem ser apreciadas com menos tumulto e mais tranquilidade. É o que garante Rosario Tessier, chef da italiana Trattoria da Rosario. Os restaurantes do Pontão do Lago Sul e o Francisco da Asbac são outras opções para unir boa gastronomia e a beleza dos fogos.
 
Francisco Ansiliero ainda serve, no jantar, ingredientes que, reza a lenda, trazem bons fluidos. A romã aparece na calda da sobremesa e as lentilhas, na entrada. Os grãos que atraem sorte e fortuna também são os preferidos de Dudu Camargo no seu Dudu Bar. À 0h, na hora da virada, os clientes receberão um preparo simples que leva paio, alecrim, vinagre de vinho branco e açúcar mascavo.

Carnes nobres no espeto


Ao chegar à churrascaria Buffalo Bio na noite do dia 31 de dezembro, o cliente será recebido com um espumante e uma cesta de frutas em cada mesa. “É um mimo para começarmos bem a noite”, afirma o gerente Ademilso Bardin. Além disso, a casa de carnes preparou uma queima de fogos, à 0h. Para animar, a dupla sertaneja Roni & Ricardo cantará sucessos do gênero até a 1h.
 
À mesa, os cortes que fizeram a Buffalo Bio conhecida estão garantidos: contra-filé argentino, cupim defumado, carré de cordeiro. “Mas teremos também opções especiais para a data, como o leitão à pururuca recheado com farofa e chester”, complementa o gerente.
Para completar, serão montadas duas ilhas: uma fria e outra quente. Na primeira estarão saladas variadas, frios que podem ser uma entrada e sushis e sashimis “feitos na hora para ficar tudo fresquinho”. Na outra, acompanhamentos, como purês, farofas e arroz. Haverá, ainda, um bufê com sobremesas típicas desta época do ano, como pavês e rabanada.
 
Essa festança na Buffalo Bio vai das 21h às 2h e custa R$ 250, por pessoa. O preço inclui o rodízio, o bufê de sobremesa, mais bebidas.

Carnes argentinas recebem 2018 na churrascaria Buffalo Bio (Buffalo Bio/Divulgação)
Carnes argentinas recebem 2018 na churrascaria Buffalo Bio

Brasília beach

Ver os fogos com os pés na areia, pular as sete ondas e brindar o ano que está chegando é algo comum para muitos brasileiros. Enquanto alguns se preparam para a virada na praia, outros ficam pela cidade com vontade de estar por lá também. Mas que tal sentir o clima praiano em uma festa por aqui? É esse o gostinho que os brasilienses que escolheram o Coco Bambu para receber 2018 vão sentir.
Há nove anos a casa promove o réveillon. Nesta edição, o tema será Miami Beach.
 
“A gente inaugurou um restaurante lá este ano e aproveitamos para trazer essa referência para a festa”, conta um dos sócios da rede, Beto Pinheiro. O ingresso sai a R$ 500 (terceiro e último lote) por pessoa, dos quais R$ 225 serão revertidos em consumação de qualquer item do cardápio.
 
Entre as opções está o recém-lançado bacalhau com natas (R$ 179), criado pela sócia-fundadora e chef Daniela Barreira. 
O prato tem um aroma delicado do conjunto entre o pescado, as natas e as batatas e serve quatro pessoas. Para acompanhar, arroz com brócolis e farofa de ovos. A rede aproveitou o fim de ano para lançar o espumante Coco Bambu. Com preço promocional de R$ 75, ele está disponível tanto para consumo na loja quanto para quem quiser levar para casa. “É um espumante brut feito com uvas chardonnay e pinot noir e que vai muito bem com peixes, frutos do mar e queijos cremosos”, detalha Beto.
 
A combinação entre o espumante Coco Bambu e o bacalhau em natas é uma ótima escolha para o réveillon (Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
A combinação entre o espumante Coco Bambu e o bacalhau em natas é uma ótima escolha para o réveillon
 

Tradição familiar


Entre as casas tradicionais da capital, o Villa Tevere é um ponto certo. Com um cardápio democrático, como o proprietário e chef do local, Flávio Leste, descreve, as alternativas agradam aos mais exigentes. Segundo ele, muitos clientes vão jantar com a família ali. “Os mais jovens depois seguem para a balada, já os mais caseiros ficam pelo local, brindando a virada”, revela.
 
Entre as opções, os camarões parecem se destacar no menu. “Temos clientes que optam por não arriscar, já outros ousam e escolhem preparos até então desconhecidos”, constata Leste. Para ele, entre os destaques estão o gamberi Monte Carlo (R$ 134) e o risoto tropical (R$ 82,70).
 
No Monte Carlo, camarões grandes flambados ao conhaque em molho de redução de laranja, mostarda de Dijon e mel são acompanhados de risoto de aspargos verdes e queijo suíço cremoso. Já o risoto tem como base limão siciliano, camarão empanado em farinha panko, gergelim e geleia artesanal de limão, manga e maracujá.
 
Para brindar ao ano que chega no Villa Tevere, uma parceria com a vinícola Dom Guerino garante bons valores pelas garrafas da marca. O espumante sai por R$ 89, um valor com ótimo custo-benefício. “Devido a nossa parceria, toda a linha Dom Guerino é vendida com 30% de desconto”, anuncia Leste.
 
Uma ótima pedida para o clima de Brasília é o risoto tropical, que traz um toque cítrico e refrescante (Jéssica Germano/Divulgação)
Uma ótima pedida para o clima de Brasília é o risoto tropical, que traz um toque cítrico e refrescante

Muita fartura à mesa


Há quem acredite que um banquete de fim de ano dá boa sorte e garante a fartura do ano que está por vir. Aos clientes que escolherem o Recanto do Camarão como lugar para passar a noite de réveillon, essa superstição está garantida. No segundo ano da festa, o restaurante abre open bar e open food para os clientes.
 
“Teremos algumas entradinhas, pratos quentes da casa e alguns característicos da festa, como pernil e leitoa, além das guarnições, frutas e sobremesas. Também oferecemos uma mesa de café da manhã para quem amanhecer por aqui”, adianta o gerente da casa Magno Markes. Entre os pratos, estão a tradicional paella de frutos do mar, o famoso camarão cremoso e uma das novidades do restaurante: o camarão candango. Além disso, serão servidos acompanhamentos como arroz com lentilhas e sobremesas que fazem parte do cardápio da casa, como a torta de limão e a torta trufada. Entre as bebidas estão as opções não alcoólicas, cervejas e caipiroscas.
 
As mesas, com quatro lugares, são vendidas a R$ 800 e não existem ingressos individuais. Cada mesa tem direito a uma garrafa de espumante para o brinde da 0h.
 
A paella de frutos do mar é um prato tradicional do Recanto do Camarão (Gui Teixeira/Divulgação)
A paella de frutos do mar é um prato tradicional do Recanto do Camarão
 

Menu de renome

Os apreciadores de gastronomia ou espectadores de programas de culinária provavelmente já ouviram falar das estrelas do guia Michelin. 
Conferidas a restaurantes que são referência na categoria à qual pertencem, elas são o sonho —  e o pesadelo —  de muitos chefs. Um dos premiados é responsável pela criação do menu do Rubaiyat.
 
Daniel Redondo assumiu o cardápio da rede em maio deste ano e desenvolveu pratos especiais para quem escolheu o restaurante para receber 2018. Os destaques da festa são o leitão com purê de batata-doce roxa, o bobó de camarão e o filé ao molho de presunto ibérico acompanhado de gratin de batata.
 
Os clientes serão recebidos com o tradicional couvert da casa e podem desfrutar de um bufê de sobremesas durante toda a noite. Para completar a noite, o Rubaiyat oferece uma garrafa de vinho branco para duas pessoas e uma taça de espumante para cada. 
Os ingressos custam R$ 440 e também dão direito a água, suco e refrigerante.
 
O Rubaiyat recebe 2018 com criações do chef Daniel Redondo, como  leitão com purê de batata-doce roxa (Rogerio Gomes/Divulgacao)
O Rubaiyat recebe 2018 com criações do chef Daniel Redondo, como leitão com purê de batata-doce roxa
 

Para almoço ou jantar

Quando se fala de gastronomia italiana, sem nenhuma dúvida Rosario Tessier e a Trattoria da Rosario são referência na cidade. Com uma qualidade para ninguém botar defeito, o local é um ponto cativo dos clientes.
 
Para quem vai antecipar a festa, Rosario afirma que o almoço na casa funciona normalmente, com o cardápio completo. “O salmão com molho de cogumelo e ervas e risoto de espinafre (R$ 89) é um ótimo prato”, garante. Outra alternativa é o filé de pargo com aspargos frescos gratinados (R$ 85).
 
Para o jantar, o cardápio fica restrito a duas alternativas, ambas por R$ 259, por pessoa, sem a bebida alcoólica incluída. “É um jantar com muitas famílias e com amigos. O clima é muito bom e é possível ver a queima de fogos”, anuncia o chef. O menu é composto por quatro etapas como o bacalhau amanteigado e o camarão especial, no menu de frutos do mar; e o ravioli de cordeiro ou o faisão recheado, no das carnes.
 
Rosario Tessier criou duas opções de menu degustação para a ceia de réveillon (Liana Sabo/CB/DA Press)
Rosario Tessier criou duas opções de menu degustação para a ceia de réveillon
 

Com vista para o Lago

Nos restaurantes do Pontão do Lago Sul, a vista para o lago é uma atração a mais no réveillon, ainda mais com as queimas de fogos realizadas ali pertinho.
 

A partir das 21h, no BierFass Lago o prato principal terá várias opções, dispostas num bufê: bacalhau assado no azeite, steak ao molho de cogumelos, paella marinera. A salada de lentilhas é uma das estrelas da mesa de frios. O ingresso custa a partir de R$ 530.

 

Réveillon de Boteco é o nome da proposta do Fausto & Manoel, com direito à animação da bateria da Acadêmicos da Asa Norte. Por R$ 500, o público confere bufê com comidinhas de boteco e coquetel voltante.
 
No Mormaii, a sofisticação vem à mesa. No bufê (a partir de R$ 350), delícias como arroz com gojiberry e uvas-passas douradas, salmão grelhado com crosta de castanhas e alcaparras e filé-mignon ao molho de champanhe.
 
O chef Lui Veronese promete uma despedida de 2017 com muito sabor no Sallva. De entrada, ele sugere bolinho de arroz com geleia de pimenta ou carpaccio de carne com molho de mostarda. 
 
Para a ceia, tornedor com lentilhas cozidas e cebolas douradas e risoto trufado de funghi. O preço de R$ 490 ainda inclui bebidas e sobremesas. 
 
Se a pedida é começar o ano com pegada japa, o Soho pode ser uma boa opção. Com início às 21h, o bufê terá camarão e lula salteados com molho kimuchi, camarão na moranga com risoto de queijo brie, além de sushis e sashimis, naturalmente. O ingresso de R$ 440 dá direito a uma meia garrafa de espumante Chandon Brut.
 
No Sallva, o risoto de funghi é uma das pedidas para a ceia (Liana Sabo/CB/D.A Press)
No Sallva, o risoto de funghi é uma das pedidas para a ceia

Como se fosse em casa

Francisco Ansiliero é uma figura tradicional na cidade. Aos 78 anos, ele desfila pelos salões do Dom Francisco e cumprimenta todos os clientes —   até leva bronca se não o fizer. Querido pelos frequentadores, ele abre as portas há 29 anos no fim de ano. “Não é bem uma festa, mas um serviço para quem quer uma opção mais tranquila”, conta Francisco.
 
Quem prefere carnes mais fortes pode optar pelo mignon suíno recheado com cogumelos frescos com musseline de mandioca (R$ 145). 
Enquanto aqueles que gostam de carnes brancas têm a opção do bacalhau na brasa  (R$ 175).
Para a entrada as opções são parrilla de vegetais e salada de lentilhas. A sobremesa pode ser o tiramissù ou a panacota com calda de romã.
 
Na hora de escolher as bebidas, os clientes contam com a ajuda de sommeliers. De antemão, Leonildo Santana recomenda o espumante Don Giovanni Brut Stravaganzza (R$ 65) como um coringa.
 
No Dom Francisco o cliente escolhe uma entrada, um prato principal e uma sobremesa (Ed Alves/CB/D.A Press)
No Dom Francisco o cliente escolhe uma entrada, um prato principal e uma sobremesa

Até o dia amanhecer


Com um menu especial para a festa da virada, o Dudu Bar oferece aos clientes opções de entradas, petiscos, um prato principal e um lanchinho para a madrugada (R$ 200). Entre os antepastos servidos à vontade está a conserva oriental de frutos do mar e cogumelos, preparada com camarão, manga, gengibre, caldo de ostra, teriyaki e óleo de gergelim.

 

Nos petiscos do coquetel volante estão pasteis, bruschettas e minihambúrgueres. Para o jantar há nove opções de pratos criadas por Dudu especialmente para a festa. Uma dica é o filé grelhado ao molho de mascarpone, com risoto de capuccino, sorvete de chocolate meio amargo e pimenta dedo-de-moça. “Eu quis brincar um pouco e fazer uma releitura do tiramissù. Tem a calda de café e o mascarpone, que é um queijo forte”, explica o chef.
 
Como a festa não tem hora pra acabar, os clientes poderão escolher um dos sanduíches da madrugada. As opções são o hambúrguer da casa e o shawarma de frango. As bebidas não estão inclusas no pacote, mas a casa oferece um cardápio variado. Um dos destaques para a noite é o drinque surpresa (R$ 39,90).
 
O drinque surpresa do Dudu Bar é criado especialmente para o cliente: combinação perfeita com o filé grelhado ao molho de mascarpone (Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
O drinque surpresa do Dudu Bar é criado especialmente para o cliente: combinação perfeita com o filé grelhado ao molho de mascarpone

Onde comer:

 
Buffalo Bio 
(CAS Ch. 5 lt. 58, Taguatinga, EPTG;  3397-2443/ 3397-2446),ceia de réveillon das 21h às 2h.

Coco Bambu
Águas Claras (EPTG, DF Plaza;3262-0559); Brasília Shopping (SCN, Q. 5, Bl. A, ljs 2-4; 3038-1818) Lago Sul (SCES, Tc. 2, Ed. Ícone Parque;3224-5585); Domingo, das 22h às 4h. s em Águas Claras.

Dom Francisco
Lago Sul (Sces, TC. 2, Asbac; 3224-8429/ 3226-2005); Asa Sul (402 Sul, Bl. B, ljs 9 a 15; 3224-1634/ 3321-0769). Domingo, a partir das 22h.

Dudu Bar
Asa Sul (303 Sul, Bl. A, lj 3; 3323-8082); Lago Sul (QI 11, Bl. I, ljs 40-46;3248-0184). Domingo, a partir das 20h. Pontão do Lago Sul (SHIS QL 10 lts. 1/33, Lago Sul; 3364-0580), ceias nos seis restaurantes do complexo, a partir das 21h.

Recanto do Camarão
(CNA 3, lt 13, Praça do DI, Taguatinga norte; 3563-1083), domingo, a partir das 23h.

 
Rubaiyat Brasília 
(SCES Tr. 1, lt 1, Bl A; 3443-5000), domingo, às 19h.

Trattoria da Rosario 
(SHIS QI 17, ljs. 215/216, Ed. Fashion Park; 3248-1672), aberto de terça a sexta, das 12h às 15h; e das 19h30 à 0h; sábado, das 12h às 16h; e das 19h30 à 0h; e domingo, das 12h às 17h. Jantar domingo, a partir das 20h, mediante reserva.

Villa Tevere
(115 Sul, Bl. A, lj 2; 3345-5513)
Aberto de terça a quinta, das 12h às 15h e das 19h30 à 0h, sexta e sábado, das 12h às 15 e das 19h30 à 1h, domingo, das 12h às 15h30. Aberto domingo, a partir das 20h, mediante reserva.
 
* Estagiária sob a supervisão de Vinicius Nader

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK