Brasília-DF,
20/MAI/2018

Para comemorar os 100 anos da caipirinha, saiba onde tomar o drink em Brasília

Bebida típica brasileira, a caipirinha completa 100 anos de muito sucesso. O Correio indica onde encontrar receitas bem executadas da bebida na capital

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Correio Braziliense Publicação:09/02/2018 06:00
A bebida a base cachaça, limão, açúcar e gelo completa 100 anos (Igor Almeida/Divulgação)
A bebida a base cachaça, limão, açúcar e gelo completa 100 anos
 
Uma dose de cachaça, limão cortado em pedaços, açúcar e gelo. A receita infalível de caipirinha é sucesso desde o século passado, quando surgiu no interior de São Paulo. De um remédio para gripe espanhola ou como drinque nas festas dos grandes fazendeiros, não importa como surgiu, a bebida é uma das queridinhas dos brasileiros. Para você comemorar o aniversário de 100 anos da caipirinha do jeito certo, o Divirta-se Mais separou cinco lugares para saborear a bebida.

Santé 13
A caipirinha vai bem no almoço e no jantar, mas vai melhor quando é em dobro. O happy hour do Santé 13 (413 Norte, Bl. A, lj 40; 3037-2132) oferece, das 15h às 19h, a dose dupla de caipirinha. A mistura leva cachaça comum, limão taiti ou siciliano e açúcar refinado e sai por R$ 19. Quem quer algo diferente pode optar por trocar a cachaça comum por Seleta, Vale Verde, Espírito de Minas ou Sagatiba, que elevam o preço a R$ 23,50. O restaurante funciona de segunda a quarta-feira, das 12h às 23h; quinta-feira, das 12h à 0h; sexta-feira e sábado, das 12h à 1h; domingo, das 12h às 17h.

Empório da Cachaça
Ingrediente fundamental na receita clássica da caipirinha, a branquinha é a estrela do Empório da Cachaça (405 Sul, Bl. D, lj 26; 3244-2143), que abre de segunda a sábado, das 12h à 0h. A cachaça salinas é feita artesanalmente e vem para Brasília direto de Minas Gerais. Junto ao limão, gelo e açúcar, ela e coquetelada e forma a caipirinha (R$ 11,90) do Empório. Para combinar com a bebida, outra pedida clássica, a feijoada. O preparo é servido sexta (R$ 24,90) e sábado (R$ 32,90) durante o almoço e o cliente pode comer à vontade.

Dudu Bar
O Dudu Bar (303 Sul, Bl. A, lj 3; 3323-8082) oferece aos clientes uma variedade de sabores de caipirinhas, mas a tradicional continua como estrela. A mistura com limão é sempre uma pedida certa no restaurante e sai a R$ 13,90. Para harmonizar, o trio da feira (R$ 40,60) oferece um pastel de carne, um de queijo e um de palmito. O restaurante funciona de segunda a quinta-feira, das 12h às 15h e das 18h à 1h; sexta-feira e sábado, das 12h às 02h; e domingo, das 12h às 17h.

Feitiço Mineiro
No Feitiço Mineiro (306 Norte, Bl. B, ljs 13/23/29; 3340-8868), a caipirinha (R$ 18,50) segue a receita tradicional de limão e açúcar e pode ser feita com qualquer cachaça da casa, inclusive a artesanal do Feitiço. A casa abre de segunda a sábado, das 12h às 2h, e domingo, das 12h às 17h, e a caipirinha cai bem a qualquer hora por lá. A sugestão da casa é degustar a bebida junto com o torresmo de barriga, que sai a R$ 19,50.

Noah — Eat, drink, fun
Dos 100 anos da caipirinha, há um ela é servida de um jeito diferenciado no Noah —  Eat, Drink, Fun (408 Sul, Bl. C, lj 25; 3548-7988). A tradicional mistura de limão, açúcar e gelo é batida com cachaça de canela, o que dá um sabor diferente do clássico. A bebida sai a R$ 15 e, para acompanhar, a sugestão da casa é o picadinho de filé (R$ 42,90). O restaurante abre de quinta a domingo, das 12h às 16h, e de terça a sábado, das 18h às 2h.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK