Brasília-DF,
16/DEZ/2018

Aproveite o céu aberto de Brasília para montar um piquenique perfeito

Em tempos de seca brasiliense, nada melhor que aproveitar os espaços a céu aberto para fazer um piquenique

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Mariah Aquino* Renata Rios Publicação:27/07/2018 06:30Atualização:26/07/2018 18:06
O Jardim Botânico de Brasília conta com um espaço próprio para piqueniques (Zuleika de Souza/CB/D.A Press)
O Jardim Botânico de Brasília conta com um espaço próprio para piqueniques

 

Comer ao ar livre


A época da seca chegou de vez no Distrito Federal. O clima se mostra ideal para aproveitar os espaços a céu aberto do Distrito Federal e fazer um piquenique. 
 
O que não faltam na capital são estabelecimentos que oferecem preparos que casam como uma luva para montar um bom lanche ao ar livre.
 
Para quem curte a ideia de juntar quitutes e estender a toalha xadrez, o Centro Cultural Banco do Brasil (SCES, Tr. 2, lt 22) é uma escolha certeira. O local conta com um agradável ambiente e ainda dá para aproveitar e depois da comilança conferir alguma das alternativas de entretenimento do espaço, como as obras de Darlan Rosa, do Projeto Casulo. 
 
A programação que atende crianças e adultos pode ser acompanhada de uma deliciosa e fresca salada de frutas, como a oferecida no Tio Gu Creperia.
 
Quem prefere um programa com mais natureza, que tal encontrar um cantinho no Parque Olhos d’Água (413/414 Norte)? 
O local, além de ser de fácil acesso, pode ser o ponto perfeito para selecionar algumas opções de pães da La Boulangerie, combinar com uma tábua de queijos do Teta Cheese e, quem sabe, ainda escolher uma garrafa de vinho para acompanhar.
 
O Jardim Botânico de Brasília (SMDB, Lago Sul) conta com um espaço próprio para piqueniques e fica aberto das 9h às 17h, de terça a domingo. 
 
Vale ainda aproveitar a oportunidade para desfrutar de um belo sanduíche, como os ofertados no Dylan Café & Bakery ou até de um suco diferenciado, como o da Boutique dos Sucos.
 
 

Vai um suquinho aí?


Na correria do dia a dia, nem sempre dá para se preocupar com uma alimentação tão saudável quanto o ideal. A Boutique do Suco oferece diferentes planos de suco detox para quem procura por uma alimentação balanceada.
 
São sete sucos formados por misturas de ingredientes frescos, nas versões de 250 ml (R$ 8) e de 400 ml (R$ 13,99). Feitos sem adição de água ou adoçantes, os sucos são prensados com a técnica de prensagem a frio. “Por não ter adição de água e não entrar em contato com as superfícies cortantes, as frutas não perdem nenhum nutriente” explica Rafael Faria, um dos criadores da loja.
 
Os sucos são vendidos unitariamente ou em planos, desenvolvidos pelos fundadores (que são nutricionistas). “Cada suco foi desenvolvido pensando na função nutricional e metabólica. Os sucos foram pensados também levando em consideração a logística de quem pensa em fazer um detox” diz Rafael.
 
O delivery Boutique dos Sucos oferece diferentes opções para quem se interessa em começar uma dieta mais saudável ( Boutique do Suco/Divulgacao)
O delivery Boutique dos Sucos oferece diferentes opções para quem se interessa em começar uma dieta mais saudável
 
 

Fresca e deliciosa


A salada de frutas é um item muito procurado na hora de comer ao ar livre. A comida cheia de sabores deliciosos pode ter diversas montagens, entre elas a apresentada no Tio Gu Creperia. O local apresenta a combinação de manga, mamão, maçã e banana, tudo imerso no suco de laranja (R$ 14).
 
“Fazemos a salada praticamente na hora de ir para a mesa. Aqui tentamos trabalhar com os produtos o mais frescos possível”, explica Marcelino Zeferino de Andrade, gerente da casa. “O ideal é deixar a salada de frutas na geladeira até a hora do evento. Se possível, ainda é bom levar na bolsa térmica, para ficar fresquinha na hora de comer”, sugere. Para facilitar, o comensal pode escolher entre as alternativas de complemento, como o tradicional leite condensado, a granola, a farinha láctea e a paçoca.
 
Para quem deseja um quitute salgado, ainda vale conferir as saladas da casa (a partir de R$ 23). “Temos muitas opções  e acondicionamos para a viagem com o molho à parte, para evitar que a folha murche”, explica o gerente. Há ainda sanduíches, como o de salame com salada no pão de hambúrguer (R$ 15,50).

A salada de fruta é uma alternativa leve e refrescante para o piquenique (Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
A salada de fruta é uma alternativa leve e refrescante para o piquenique

Queijo é perfeito para todos os climas


Com diversas versões, existe sempre um queijo que casa com cada momento do nosso dia. Para facilitar a vida de quem pretende fazer uma seleção de delícias para levar para o piquenique, Marina Cavecchia, sócia do Teta Cheese, sugere alternativas para o frio e para o calor. “Calculei cerca de 100g por pessoa. Para um piquenique com duas pessoas, por exemplo, sugiro 50g de cada tipo de queijo”, explica.
Para os dias quentes, Marina sugere quatro variedades. O primeiro, o boursin de ovelha 
 
(R$ 35, com 160g) é, segundo a especialista, um creme, que vem no azeite, alecrim e pimenta rosa. 
Outras alternativas, ambas leves e com toques ácidos, são o montanhês (R$ 10, 50g) e o sassafrás (R$ 9, 50g). Para fechar, o Turvo Grande, com 30 dias de maturação (R$ 8,50g). Em dias frios, é a vez de começar pelo Canastra do Vale da Gurita (R$ 7, 50g) que é uma alternativa que tem mofo e, por isso, sabor mais fechado, picante e complexo. O Azulão (R$ 11, 50g), feito com leite de ovelhas, traz o mofo azul (aquele do gorgonzola), uma textura quebradiça e a acidez, por ser de ovelha. Para completar, o Toca (R$ 9) e o Queijo do Bello (R$ 8, 50g).

O Teta Cheese aposta em variedade e qualidade nos queijos artesanais (Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)
O Teta Cheese aposta em variedade e qualidade nos queijos artesanais

Eleja o pão como seu melhor amigo


Quando o assunto é comer ao ar livre, o pão ganha um lugar especial na lista. Os preparos podem ser guarnecidos de manteiga, azeites, pastas ou serem comidos sozinhos. Com vitrine farta, a La Boulangerie trabalha com opções artesanais que vão desde massas folheadas até preparos com farinha integral.
 
Guillaume Petitgas, proprietário da casa, sugere alternativas para levar para o banquete. “Se for pela manhã, as massas folheadas combinam muito bem com um café ou um chá”, explica o especialista. Entre as opções folheadas, Guillaume sugere o Pain au Chocolat (R$ 6,20), os croissants (a partir de R$ 5,25) ou ainda o folheado de presunto e queijo (R$ 9,50), que “se assemelha ao misto quente”. Se a ideia é levar uma manteiga ou um azeite e aproveitar um bom pão, o destaque é o pão de azeitona (R$ 13,75). Outra pedida é o pão de campagna (R$ 8,30). “Nesse caso, a opção com nozes (R$ 16), por exemplo, combina muito bem com queijos”, informa.

Guillaume Petitgas recomenda pães artesanais para um bom piquenique (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Guillaume Petitgas recomenda pães artesanais para um bom piquenique

Sanduíches completos


Para quem quer uma opção já pronta, que não deixa a desejar nem em sabor, nem em praticidade, os sanduíches preparados no Dylan Café & Bakery podem salvar a o passeio.
 
Entre as alternativas oferecidas (sempre com pães artesanais), o proprietário Fabrício Campos de Brito informa que um sanduíche muito requisitado é o de focaccia (R$ 29), com salame, peperoni, tomate pelati, rúcula, muçarela e gorgonzola. “É um sanduíche grande que pode ser cortado para dividir por duas ou até por quatro pessoas”, explica Fabrício.
 
Outra pedida é o sanduíche de pastrami (R$ 29), trata-se de pastrami de carne bovina, muçarela, rúcula, coe slow e maionese. A casa ainda trabalha com uma alternativa vegetariana (R$ 24). “Esse sanduíche tem recheio de abobrinha grelhada, cream cheese, tomate fresco e rúcula”, detalha.
 
A partir das 16h, o comensal que vai ao Dylan encontra com pizzas. “Nossa massa passa três dias fermentando, não leva adição de açúcares, conservantes ou gordura e é feita com o levain”, explica Fabrício. Segundo ele, a casa oferece normalmente poucos sabores, entre três e quatro, para garantir a qualidade das redondas, que saem a partir de R$ 42.
 
O sanduíche de pastrami é uma das alternativas de sanduíches do Dylan Café & Bakery (Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
O sanduíche de pastrami é uma das alternativas de sanduíches do Dylan Café & Bakery

Rolinhos internacionais



Originários da culinária sírio-libanesa, os wraps são cada vez mais populares pela praticidade e diversidade de recheios. São sanduíches envoltos em uma
fatia de pão-folha e dispostos como um rocambole. Por serem ricos em fibras e proteínas, prolongam a sensação de saciedade.
No Fast Açaí, ele é um dos queridinhos da casa. Pode-se escolher entre os sete sabores oferecidos: filé com cheddar, frango com requeijão, pizza, carne seca com abóbora cabotiá, vegetariano, banana com mel e frango com molho verde. Com exceção do de filé com cheddar (R$ 13), os outros sabores saem por R$ 12.
 
Para Helen Leite, engenheira de alimentos da casa, o importante é buscar o equilíbrio de nutrientes. “Nossos wraps têm um equilíbrio de proteínas, carboidratos e outros nutrientes. É isso que garante que o wrap será gostoso e saciará bem a fome.” Ela indica o de carne seca e cabotiá (R$ 12), pelas propriedades nutricionais da abóbora.

Wrap são opções de fácil preparo e que saciam bem (Emmanuel Gonçalves/açaí Brasília)
Wrap são opções de fácil preparo e que saciam bem


Árabe na toalha



Piquenique é uma delícia internacional e pode até ter toques árabes. O Arabetto oferece pastinhas como babaganoush (berinjela defumada, tahine libanesa, coalhada seca e especiarias), a de homus tahine (grão de bico e tahine libanesa temperada com alho e especiarias) e a de coalhada seca.
 
Para o gerente da casa, Rodrigo Barbosa, priorizar a qualidade e o fazer artesanal é essencial. “Aqui nada é industrializado. O gosto é completamente diferente”. As pastas são acompanhadas do pão pita, tradicionalmente árabe e sem ingredientes de origem animal. Os pequenos cuidados com os ingredientes base fazem a diferença na hora do sabor. Os preços das pastas acompanhadas do pão pita variam de R$ 9,90 a R$ 26,90, de acordo com a quantidade de pastas.

O gosto característico das pastinhas árabes combina bem com pães (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
O gosto característico das pastinhas árabes combina bem com pães

Novidade: A casa agora oferece a opção de saborear um bufê árabe de segunda a sábado (durante a semana por R$ 54,90 o quilo no almoço e R$ 65 no jantar, no sábado por R$ 59).

Opções individuais


A Viva la quiche é uma casa que seguiu a ordem inversa do que as demais costumam seguir. Primeiro, o local trabalhou com entregas, para depois abrir um espaço onde o comensal pode desfrutar dos preparos. “Nossa proposta é ser um pedacinho de leveza no seu dia a dia. Temos mais de 20 sabores, entre doces e salgados, e misturamos receitas autorais com opções clássicas”, explica a sócia do local, Valéria Moraes.
 
Valéria elenca três alternativas perfeitas para piqueniques: quiche de queijo (R$ 12,50), feita apenas com a base, quiche lorraine (R$ 12,50), de bacon, e a preferida de Valéria, a quiche de cebola (R$ 12,50). “A cebola entra crua na base e assa junto da quiche. Fica adocicado, uma delícia”, garante.
 
Para quem vai de doce, a sócia informa que são quatro sabores disponíveis para escolher: morango com nutella (R$ 8,20), creme brulèe (R$ 8,20), praliné de amêndoas (R$ 8,20) e banana com canela (R$ 8,20). “Nesse caso, sugiro a de banana ou a de praliné, as outras ficam melhores se comidas quentinhas, o que para o contexto do piquenique é difícil”, finaliza.

O tamanho individual das quiches do Viva la quiche são ótimos para piquenique (Viva la quiche/Divulgação)
O tamanho individual das quiches do Viva la quiche são ótimos para piquenique


Bolos com amor


Bolos no pote se tornaram bem populares nos últimos anos. “O importante é apostar na qualidade dos ingredientes para dar o sabor e no carinho, é claro”, diz Nilvânia Souza, a confeiteira e criadora da Chocolate do cerrado. Ela desenvolveu mais de 100 sabores diferentes para a casa desde a inauguração, há quatro anos.
 
O carinho por cada cliente é a marca registrada da confeitaria. Para quem quiser levar bolos no pote para um piquenique, “uma bolsa térmica basta para não correr o risco de estragar nada, como banana ou morangos que são mais perecíveis”, ensina Nilvânia.
 
Os bolos são feitos diariamente e não são congelados para manterem o sabor. Cada um tem 180g e saem por R$ 9. A casa serve massas mais molhadinhas, características desses bolos, e as caldas não têm açúcar, o que equilibra o sabor.
 
Mais de cem diferentes sabores de bolo já passaram pela vitrine da Chocolate do cerrado
 (Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
Mais de cem diferentes sabores de bolo já passaram pela vitrine da Chocolate do cerrado

Onde comer:


Arabetto 
(408 Sul, bl. B, lj. 19; 3244-2079), (Quadra 102 Bl. B lj. 2, Sudoeste; 3032-5010) e (R. Manacá nº 3, Águas Claras; 3034-0797). Aberto diariamente, das 11h30 às 23h.


Boutique do suco 
(406 Norte Bl. A), (SHIS QI 5 Conj. H,  Shopping Gilberto Salomão); e (Av. das Castanheiras, lt. 5, praça de alimentação - Shopping Felicitá, Águas Claras) Encomendas: 3554-8889 ou  99688-2006.


Chocolate do cerrado 
(QNL 2, conj. F, lt. 17, Taguatinga; 3297-9016), aberto diariamente, das 14h às 22h.


Dylan Café Bakery 
(315 Sul, bl. A, lj. 15; 3363-1294), aberto de terça a sexta, das 13h às 22h, sábado, das 9h às 22h, e domingo, das 8h às 14h.


La Boulangerie 
(306 Sul, Bl. B, lj. 10; 3244-1394), aberto 
de segunda a sábado, das 7h às 20h. (La Boulangerie Bistrot, SGCV Sul, Lt. 22, CasaPark), aberto de terça a domingo, das 7h às 21h.


Teta Cheese 
(103 Sul, Bl. B lj 34; 3554-6970), aberto terça 
e quarta, das 11h às 19h, quinta, sexta, e sábado, das 11h à 1h30. A cozinha abre às 17h.


Tio Gu Creperia 
(413 Sul, Bl. D, lj 30; 3347-0173), aberto diariamente, das 12h à 0h.


Viva la Quiche 
(407 Sul, Bl. D, lj 8; 3242-7305), aberto 
de segunda a sábado 11h30 às 20h30. (Delivery 3033-4030), aberto de segunda a sexta, das 11h às 22h, sábado e domingo, das 18h às 22h.
 
*Estagiária sob a supervisão de Vinicius Nader 

Tags: gastronomia

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK